Objeto no deserto de Utah gera teorias de ser obra de aliens ou de artista misterioso
Créditos: USA Today

Objeto no deserto de Utah gera teorias de ser obra de aliens ou de artista misterioso

Monólito metálico lembra 2001: Uma Odisseia no Espaço, filme e Stanley Kubrick

O deserto de Utah foi palco de uma das descobertas mais misteriosas dos últimos tempos, onde oficiais de conservação norte-americanos encontraram um objeto metálico que parece ter saído de um filme de ficção científica. Um filme bem específico na verdade – 2001: Uma Odisseia no Espaço, de Stanley Kubrick.

02/10/2020 às 09:03
Notícia

Drone transportou córneas e rins por 16,5km em 25 minutos par...

O transporte ocorreu pelo meio do deserto de Nevada e quebrou o recorde de voo mais longo

No longa de 1968, um monólito metálico bem parecido com esse se levanta de maneira silenciosa no deserto, deixando um grupo de primatas bastante confusos. Tão confusos quanto os agentes estatais dos Estados Unidos quando deram de cara com o objeto metálico.

De acordo com o relato deles, o monólito foi encontrado quando estavam sobrevoando a área de helicóptero para contar carneiros selvagens. Eles um objeto metálico com 3 a 3,7 metros de altura de pé sobre uma pedra. Ele é totalmente sólido e sem decorações, e sua origem ainda é um mistério.

A área onde o monólito foi encontrado não foi divulgada pelo Governo dos EUA, que justificou ser uma região remota e perigosa para alpinistas e excursionistas. Segundo eles, não seria inteligente inspirar aventureiros amadores a migrarem para lá na esperança de resolver o mistério.

Em sua página oficial do Facebook, a Polícia Rodoviária de Utah brincou com seus seguidores, encorajando-os a criar teorias sobre a origem e o propósito do objeto. Como é de se esperar da rede social, as pessoas trouxeram teorias sobre alienígenas, buracos de minhoca, portais interdimensionais e até o filme de Stanley Kubrick.

Continua após a publicidade

Segundo especialistas, a hipótese dominante no momento é de que se trata de uma obra de arte, instalada de forma proposital na região e criada por um artista que ainda não se identificou publicamente. O principal suspeito era o artista plástico John McCracken, que costumava criar obras do tipo.

Só que a galeria que cuida das obras de McCracken, que morreu em 2011, negou a informação – que havia sido espalhada até mesmo pelo seu galerista, David Zwirner. Agora, acredita-se que a pessoa responsável pelo objeto metálico tenha feito uma homenagem ao artista plástico.

Via: Socientifica, Global News, G1
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

POCO M3: ANÁLISE COMPLETA do BARATINHO da XIAOMI que surpreende

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.