Governo dos EUA multa piloto de drone e YouTuber em R$ 984 mil
Créditos: YouTube/PhillydroneLife

Governo dos EUA multa piloto de drone e YouTuber em R$ 984 mil

Comediante recebeu 123 multas de R$ 8 mil cada da Administração Federal de Aviação

O piloto de drone e YouTuber Mikey, responsável pelo canal PhillydroneLife, foi multado em US$ 184.500 (R$ 984.640) pela Administração Federal de Aviação (FAA) dos EUA. O comediante recebeu 123 cartas do órgão governamental norte-americano, cada uma contendo uma multa de US$ 1.500 (R$ 8.000).

20/09/2020 às 21:23
Notícia

Governo dos EUA aprova acordo do TikTok com a Oracle e Walmart

O app vai poder continuar a ser baixado pelos usuários dos EUA

As infrações teriam sido cometidas durante transmissões ao vivo feitas para o seu canal do YouTube entre dezembro de 2019 e agosto de 2020. Apesar disso, de acordo com o site Drone XL, outros vídeos publicados pelo canal não resultaram em multas para o comediante.

Essas multas são por atos perigosos como voar acima de 120 metros de altura, pilotar drones na chuva – ou em situações de névoa ou ventos fortes – e por pilotagem imprudente de aeronave não tripulada.

Como o canal do YouTube PhillydroneLife é monetizado, a Administração Federal de Aviação julgou Mikey como piloto através das diretrizes da Part 107. Essas diretrizes foram criadas para pilotos remotos certificados, incluindo operadores comerciais.

O responsável pelo canal diz que ele não possui um certificado Part 107, e que ele se considera um piloto recreativo de drones – publicando seus vídeos no YouTube como comediante.

Segundo Mikey, apenas para obter a consultoria de um advogado sobre o caso custaria US$ 10.000 (R$ 53.370). Caso ele decida seguir com o processo e encarar a FAA no tribunal, os custos podem chegar a valores entre US$ 50.000 (266.840) e US$ 100.000 (R$ 533.680). Isso com a possibilidade de ainda ter que pagar mais US$ 184.500 (R$ 984.640) de multa depois.

Continua após a publicidade

O piloto de drone e YouTuber diz que não tem dinheiro para pagar esse processo, e que o seu canal não chega perto de gerar valores como esses. De qualquer modo, ele tem até o dia 5 de dezembro de 2020 para responder às 123 cartas da FAA.

"Isso partiu meu coração, isso f**** com a minha família e com tudo na p**** da minha vida pelas últimas duas semanas. Porque eu não sabe da onde qualquer um pode ser cobrado US$ 184.000 por voar uma p**** de um drone de US$ 249!".
Mikey, piloto de drone e YouTuber do canal PhillydroneLife

Via: Drone Xl
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Samsung GALAXY S21, S21 PLUS e S21 ULTRA lançados: confira os PRINCIPAIS DESTAQUES

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.