Direito de Reparo aprovado pelo Parlamento Europeu será implementado na França em 2021
Créditos: Dinâmicas Sul-Sur

Direito de Reparo aprovado pelo Parlamento Europeu será implementado na França em 2021

O objetivo é ajudar os clientes a priorizarem produtos que são mais fáceis de consertar

O Parlamento Europeu votou ontem uma nova política para “desenvolver e introduzir rotulagem obrigatória, para fornecer informações claras, imediatamente visíveis e fáceis de entender aos consumidores sobre a vida útil estimada e a capacidade de reparo de um produto no momento da compra". O resultado se mostrou favorável à adoção da medida.

24/10/2018 às 09:44
Notícia

iFixit e Motorola lançam kit de ferramentas para você mesmo r...

Ação faz parte da campanha #righttorepair que ganhou força nos últimos dias

De forma específica, foram 395 votos a favor, 94 votos contra e 207 abstenções. A partir de janeiro de 2021, a França começará a lançar tags para smartphones, laptops e outros eletrônicos. A etiqueta terá uma pontuação de reparabilidade de 10 pontos e o objetivo é que essa classificação ajude os clientes a priorizarem produtos que são mais fáceis de consertar.

Uma pesquisa realizada em 2014 revelou que 77% dos europeus pesquisados preferem consertar os dispositivos do que comprarem novos. Além disso, 79% concordam que os fabricantes devem facilitar o reparo de seus aparelhos e a reposição de peças.

A Áustria também reduzirá os impostos sobre serviços de reparo e oferecerá subsídios para reparos ao consumidor.

Via: GSMArena
User img

Saori Almeida

Saori Almeida é natural do Rio Grande do Sul, técnica em administração formada pelo Centro Tecnológico de Caxias do Sul (CETEC) e estudante de Jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Gosta da cultura asiática e nerd no geral e tem interesse crescente por tecnologia e games desde pequena - gosto que se intensifica diariamente na redação.

ANÁLISE: Drone DJI Mini 2 - 4K, até 31 minutos de voo e 10Km de distância, precisa mais?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.