Oficial: Huawei vende a marca de smartphones Honor
Créditos: TecheNet

Oficial: Huawei vende a marca de smartphones Honor

A informação foi confirmada pela Agência Reuters, que também havia indicado os rumores iniciais

Desde a semana passada vêm correndo rumores sobre a Huawei ter vendido a Honor, sua marca de smartphones, conforme informações apuradas pela Reuters. Hoje, a Reuters confirmou que a Huawei vendeu a Honor, uma marca de smartphone do Huawei Consumer Business Group, para um consórcio de mais de 30 agentes e revendedores. Os compradores anunciaram que estão criando uma nova empresa chamada Shenzen Zhixin New Information Technology para concluir a compra.
 
Assim que a venda for concluída, a Huawei não terá mais qualquer participação na nova marca Honor. O negócio incluirá tudo, desde recursos de P&D, gerenciamento da cadeia de suprimentos e outros ativos de honra. A força de trabalho da Honor inclui mais de 7.000 funcionários.

 

Um comunicado conjunto compartilhado pelo jornal chinês Shenzhen Special Zone Daily, em nome das mais de 40 empresas envolvidas na transação, disse que a venda é um "investimento direcionado ao mercado feito para salvar a cadeia de indústria de Honor". Após a mudança de proprietário, a Honor continuará como de costume, sem impacto esperado na produção.
 
Desde que a Huawei foi incluída na “Lista de Entidades” do Departamento de Comércio dos Estados Unidos, a empresa tem encontrado dificuldades para operar seu negócio de hardware de consumo.

A empresa se adaptou tão bem quanto poderia, mas está enfrentando desafios cada vez mais difíceis devido às crescentes restrições dos EUA. 

10/11/2020 às 07:48
Notícia

Huawei pode confirmar a venda da sua submarca Honor no dia 20...

Fontes dizem que ela foi vendida por 100 bilhões de yuans (US$ 15,2 bilhões) para o consórcio liderad...

 

Por exemplo, já que os EUA efetivamente impediram que muitos fabricantes de chips fornecessem peças para a Huawei, a empresa não poderá ter seu modelo baseado em ARM Projetos de SoC fabricados por fabricantes de chips contratados como a TSMC. 

Continua após a publicidade

Como tal, espera-se que o Kirin 9000 encontrado na série Huawei Mate 40 seja o último high-end Kirin auto-projetado da Huawei, e a empresa terá que recorrer a chipsets 4G de concorrentes como a Qualcomm ou esperar queA indústria de fabricação de semicondutores da China pode se intensificar.


 

Se a Huawei quiser se tornar totalmente independente das empresas sediadas nos Estados Unidos, precisará de muito dinheiro para fazer isso acontecer. O acordo para vender a Honor pode ser a injeção de dinheiro de que a Huawei precisa para esse esforço. 

Nenhum número para a transação foi revelado, mas um relatório anterior afirmava que era da ordem de US$ 15,2 bilhões. O relatório anterior também afirmava que o objetivo do consórcio após a compra da Honor seria abrir o capital da empresa em três anos.
 
Com a venda agora concluída, a Huawei supostamente colocará seu foco em continuar a fazer smartphones de ponta e em seus negócios corporativos. Enquanto isso, a Honor continuará a atender o mercado de médio porte em todo o mundo.

 

Fonte: XDA Developers
User img

Iraci Falavina

Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Iraci é apaixonada por games,principalmente se tiverem uma boa história. Também se interessa por animes e cinema e não recusa uma boa xícara de chá. Editora-chefe do programa de jogos do curso, o Insira a Ficha.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.