Google vai implementar tecnologia Ultra-wideband (UWB) no Android - Veja como funciona
Créditos: insights.samsung

Google vai implementar tecnologia Ultra-wideband (UWB) no Android - Veja como funciona

As primeiras classes começaram a ser adicionadas no Android Open Source Project (AOSP)

Leitura Rápida

  • O site XDA-Developers encontrou as primeiras classes de API de UWB no AOSP (Android Open Source Project) do Android
  • Essas informação significa que uma nova tecnologia de troca de informações pode estar chegando para os Androids
  • O UWB já está presente nos últimos iPhones e, no Samsung Galaxy Note20 e 20 Ultra
  • Pode ser que, no futuro, todos os próximos dispositivos Android tenham suporte para troca de dados via UWB

A Google acaba de anunciar que está adicionando uma nova API no AOSP (Android Open Source Project) do Android para suportar a tecnologia UWB em futuros smartphones. Essa tecnologia é usada para troca de informações e, já está presente em alguns smartphones, como o iPhone 11 e Galaxy Note 20 e 20 Ultra

Com esse comunicado, as fabricantes parceiras terão maior suporte com a tecnologia UWB, sem precisar fazer modificações complexas, como a Samsung fez. A coreana foi a primeira parceira Android a adicionar a função em seus smartphones. A Xiaomi também já informou que está estudando para trazer nas próximas gerações.

24/10/2020 às 14:08
Artigo

Entenda o que é o chip UWB presente nos iPhones 11 e 12 e nos...

Veja como funciona a nova proposta de transmissão de dados da Samsung e da Apple

Para quem não sabe, UWB é a sigla para Ultra Wideband (banda ultralarga em português). Sua principal função é fazer transmissão de dados sem fio com alta precisão. É muito parecido com o que é feito com o Bluetooth, mas com alcance de banda mais alto e com alcance menor. Para saber mais, acesse este artigo. 

Segundo o site XDA-Developers, a Google fundiu vários commits para o AOSP, que adiciona uma API UWB. Há algumas classes com descrição, como uma que diz: “fornece uma maneira de realizar operações UWB, como consultar os recursos do dispositivo e determinar a distância e o ângulo entre o dispositivo local e o remoto.” O site ainda informa que a implementação da API segue o padrão IEEE 802.15.4z, para redes sem fio de baixa taxa.

Essa é a primeira vez que a função é encontrada. Isso significa que a equipe da Google ainda está trabalhando nela. É possível que a API não esteja pronta já na próxima atualização, Android 12, por exemplo. O recurso ainda está em suas primeiras fases, e pode levar um tempo até ser disponibilizada. 

É possível que empresas comecem a implementar mudanças antes da API da Google seja disponibilizada. Assim como a Samsung fez, outras companhias também podem adicionar modificações e implementar o recurso. Apesar disso, não há muitas vantagens. No Galaxy Note20, por exemplo, ele pode ser combinado com o aplicativo SmartThings da Samsung para o recurso SmartThings Find. Fora isso, as funções ainda são bastante limitadas.

Via: XDA-Developers
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.