Huawei pode confirmar a venda da sua submarca Honor no dia 20 de novembro
Créditos: Reprodução/Moneycontrol

Huawei pode confirmar a venda da sua submarca Honor no dia 20 de novembro

Fontes dizem que ela foi vendida por 100 bilhões de yuans (US$ 15,2 bilhões) para o consórcio liderado pela distribuidora Digital China

Em outubro deste ano começaram a circular alguns rumores de que a Huawei estava planejando vender sua submarca Honor para um consórcio liderado pela distribuidora Digital China pelo equivalente a US$ 3,7 bilhões. Agora parece que os rumores estavam mesmo corretos.

14/10/2020 às 11:26
Notícia

Huawei pode vender a Honor por US$ 3,7 bilhões - Xiaomi e Dig...

A empresa estaria focando sua atenção em seus smartphones topo de linha

A submarca Honor foi introduzida pela Huawei em 2013 para oferecer smartphones voltados para os segmentos intermediário e de entrada, o que também inclui smartphones voltados para o público jovem. Os aparelhos desta submarca podem ser encontrados principalmente na China, mas eles também estão disponíveis em outras regiões da Ásia e em alguns países da Europa.

De acordo com informações divulgadas nesta terça-feira pela agência de notícias Reuters, a Huawei venderá mesmo a submarca Honor para o consórcio liderado pela distribuidora Digital China, que também conta com a participação do governo da cidade de Shenzhen, por 100 bilhões de yuans (cerca de US$ 15,2 bilhões).

A Huawei vem sofrendo com as restrições impostas pelos Estados Unidos, que basicamente a impedem de fazer negócios com empresas americanas, e a venda da submarca Honor deve ajudar a empresa a equilibrar suas finanças. A administração de Donald Trump acusa a empresa praticar espionagem para a China. A Huawei sempre negou essas acusações e afirma que não há evidências que comprovem isso.

A venda da Honor incluirá quase todos os seus ativos, como a marca, recursos de pesquisa e desenvolvimento, e gerenciamento da cadeia de suprimentos. As fontes dizem que a Huawei pode confirmar oficialmente a venda já no próximo dia 20 de novembro ou possivelmente alguns dias antes.

Continua após a publicidade

Huawei pode confirmar a venda da sua submarca Honor no dia 20 de novembro
Reprodução/GSMArena

Após a venda, a Honor planeja manter a maioria de sua equipe de gestão e mais de 7.000 trabalhadores. Ela também planeja fazer uma oferta pública de ações dentro dos próximos três anos. Outro detalhe é que se ela for mesmo vendida, a empresa(Honor) poderá voltar a fazer negócios com as empresas americanas. Ela poderá ter acesso novamente a chips 5G da Qualcomm e acesso ao Android completo com os Serviços do Google Mobile, por exemplo.

Fonte: Reuters, Moneycontrol
User img

Fabio Rosolen

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.