China lança seu primeiro satélite 6G para iniciar testes desta tecnologia
Créditos: Reprodução/Gizmochina

China lança seu primeiro satélite 6G para iniciar testes desta tecnologia

O satélite, chamado "UESTC" ou Star Era-12, foi levado ao espaço pelo foguete Long March 6

A China lançou recentemente com sucesso ao espaço um satélite experimental com tecnologia 6G. O satélite, chamado "UESTC" ou Star Era-12, foi levado ao espaço pelo foguete Long March 6, que também foi usado para transportar outros 12 satélites.

10/08/2020 às 14:52
Notícia

Coreia do Sul lançará projeto-piloto do 6G em 2026

Governo sul-coreano planeja investir 200 bilhões de wons (cerca de 169 milhões de dólares) neste projeto

O foguete foi lançado no último dia 6 de novembro a partir do Taiyuan Satellite Launch Center, localizado na província de Shanxi, e o vídeo de lançamento pode ser visto no tweet abaixo.

A indústria de telecomunicações ainda está trabalhando nas especificações do 6G, por isso ainda não é certo que a tecnologia que está sendo testada pela China entrará no padrão final. Ela envolve o uso de ondas terahertz de alta frequência para alcançar velocidades de transmissão de dados até 100 vezes mais rápidas do que as oferecidas pelo padrão 5G.

O satélite foi batizado em homenagem à Universidade de Ciência Eletrônica e Tecnologia da China e será usado para testar o desempenho da banda de frequência 6G no espaço. De acordo com informações da BBC, o satélite também carrega tecnologia que será usada para monitoramento de desastres em áreas de plantio e prevenção de incêndios florestais.

Ainda sobre a tecnologia 6G, em julho deste ano a Samsung falou um pouco sobre o padrão de rede 6G em seu estudo intitulado “A próxima experiência hiperconectada para todos” e disse que acredita que a tecnologia deve começar a ser comercializada em 2028 e pode entrar em vigor a partir de 2030.

Continua após a publicidade

Já em agosto foi anunciado que a Coreia do Sul lançará seu projeto-piloto do 6G em 2026. A partir de 2021, o governo sul-coreano planeja investir 200 bilhões de wons (cerca de 175 bilhões de dólares na cotação atual) ao longo de cinco anos neste projeto, que tem como objetivo alcançar a velocidade de transmissão de dados de um terabyte por segundo e reduzir a latência para 0,1ms em serviços em fio e para 5ms em serviços com fio. Outro detalhe sobre o projeto-piloto sul-coreano é que ele também tem como meta oferecer serviços de comunicação 6G a até 10km acima do solo.

Fonte: BBC, TweakTown
User img

Fabio Rosolen

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.