Veja o que os brasileiros mais pesquisaram no YouTube durante a pandemia
Créditos: Reprodução/YouTube

Veja o que os brasileiros mais pesquisaram no YouTube durante a pandemia

Em entrevista, 91% dos usuários diz ter aumentando o tempo gasto navegando na plataforma

Nesta quinta-feira (5), o YouTube revelou novos números do uso da plataforma aqui no Brasil. Durante a sexta edição do Brandcast, maior evento da empresa no Brasil destinado à imprensa e agências, foi destacado que quase metade dos consumidores usaram o site como substituto de um evento ao vivo durante a pandemia. Isso contribuiu para o crescimento de 120% no watchtime em TVs conectadas.

105 milhões de brasileiros acessam o YouTube atualmente

A plataforma também frisou que em 2020 o YouTube ajudou a população brasileira no período de distanciamento social com entretenimento, informação e aprendizado. Atualmente, 105 milhões de brasileiros (adultos) acessam o YouTube mensalmente e, com a pandemia, 91% afirma ter aumentado seu tempo navegando na plataforma. A pesquisa também aponta que 54% dos entrevistados tem a intenção de usar ainda mais plataforma de vídeos. 

03/11/2020 às 20:02
Notícia

Youtube Gaming atingiu 1,6 bilhões de horas assistidas no ter...

Plataforma teve aumento de 131% em relação ao mesmo período em 2019

A quarentena impactou diretamente o acesso ao YouTube, já que as pessoas ampliaram o uso da televisão para acessar o serviço. O tempo de exibição em telas de TV cresceu 120% no Brasil em relação a 2019. Hoje, mais de 40 milhões de brasileiros já assistem a conteúdos disponíveis na plataforma pela Smart TV.

Os números divulgados pelo Brandcast são divididos em algumas categorias. Confira abaixo ou assista ao programa gravado neste link:

Bem-estar:
79% das pessoas afirmam que buscam relaxar quando assistem a vídeos. E no YouTube, a média global de visualizações diárias de vídeos relacionados à meditação aumentou mais de 40% desde 15 de março. Entre março e setembro de 2020, vídeos de exercícios com os termos "em casa" e "sem equipamento" foram vistos mais de 190 milhões de vezes no Brasil.

Continua após a publicidade

Entretenimento:
78% dos usuários afirmaram buscar entretenimento ao assistir um vídeo. Artistas de todos os gêneros realizaram transmissões ao vivo, e quase metade dos usuários do YouTube utilizaram a plataforma como um substituto de um evento ao vivo durante a pandemia. A cantora e compositora Marília Mendonça conseguiu atingir o pico de mais de 3 milhões de visualizações simultâneas em uma live realizada em abril.

Aprendizado:
65% das pessoas disseram buscar ter um tempo para si ao assistirem vídeos. 91% dizem que a plataforma ajudou a ensinar e aperfeiçoar uma habilidade de interesse e 52% contam que aprenderam algo novo no YouTube durante a pandemia e pretendem continuar usando a plataforma para aprendizados futuros.

Vídeos com variações do termo "para iniciantes" no título acumularam 280 milhões de views no Brasil entre março e setembro. Receitas com o termo “fácil” no título foram vistas mais de 1 bilhão de vezes no país. Vídeos com os termos “horta”, “cultivo” ou “plantas” e "em casa" no título foram assistidos mais de 16 milhões de vezes. 

03/11/2020 às 11:29
Notícia

Baby Shark supera 7 bilhões de visualização no YouTube e é o ...

A música infantil é o vídeo mais visto da plataforma, superando Despacito

Marcas
O YouTube ganhou 7,3 milhões de novos e-shoppers brasileiros. Os dados apontam que 44% dos usuários do YouTube procuraram ou pesquisaram marcas e produtos pela primeira vez na plataforma durante a pandemia e pretendem manter esse comportamento no futuro. Já 36% afirmou usar o YouTube para assistir a reviews e demonstrações de produtos durante a pandemia, uma vez que não podiam ir às lojas. Além disso, 87% dos usuários já fizeram uma aquisição depois de assistir a um vídeo no YouTube, e 62% diz que a publicidade que viu na plataforma o tornou mais propenso a considerar uma marca ou produto anunciado.

User img

Mariela Cancelier

Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.