Morre o presidente da Samsung, Lee Kun-hee, aos 78 anos
Créditos: Wall Street Journal

Morre o presidente da Samsung, Lee Kun-hee, aos 78 anos

O presidente estava internado há seis anos devido a um ataque cardíaco

A Samsung revelou que o presidente Lee Kun-hee morreu hoje, 25 de outubro, aos 78 anos, após passar os últimos seis anos no hospital devido a um ataque cardíaco. A empresa não nomeou seu sucessor em um comunicado enviado ao Engadget, mas o filho de Lee e líder de fato, o vice-presidente Lee Jae-yong (também conhecido como Jay Y. Lee), é considerado um dos candidatos mais prováveis. 

Lee Kun-hee deixa para trás uma empresa que é muito mais poderosa do que quando começou, mas também uma que tenta superar os problemas éticos que frequentemente definiam sua gestão.

Lee tornou-se presidente do conselho em 1987 e é mais conhecido por transformar a Samsung de uma empresa relativamente modesta e frequentemente focada em um local de peso em muitas áreas da eletrônica, sejam smartphones, TVs, eletrodomésticos ou componentes como telas e memória. 

Engadget/Reprodução

A Samsung frequentemente credita seu crescimento explosivo a uma reunião de “Nova Administração” em 1993, onde Lee passou três dias delimitando uma reformulação da cultura da empresa que ajudaria a criar uma potência global.

O Wall Street Journal observou que Lee frequentemente tinha uma abordagem prática, convocando reuniões de emergência para revisar problemas, influenciando as decisões de contratação e lançando novos produtos em curto prazo. 

Ele é bastante conhecido por uma ação simbólica de 1995, quando ordenou que os trabalhadores queimassem dezenas de milhares de dispositivos de baixa qualidade. Se Lee sentisse que havia um problema, ele aumentaria a pressão até que fosse corrigido.

 

Continua após a publicidade

A presidência de Lee foi marcada por escândalos, no entanto. Ele foi condenado em 1995 por subornar o presidente da Coreia do Sul e em 2008 por peculato e sonegação de impostos. 

Embora tenha renunciado, sua influência foi tanta que ele recebeu o perdão em troca de ganhar os Jogos Olímpicos de Inverno de 2018 para a Coreia do Sul, o que aconteceu.
 
Também há a questão da sucessão. A Samsung tem recebido críticas crescentes por manter a liderança na família , principalmente depois que Lee Jae-yong foi condenado por suborno e peculato. 

21/10/2020 às 10:33
Notícia

Samsung anuncia que está no Top 5 das melhores marcas do mund...

Lista é atualizada anualmente e agora empresa está entre as melhores com Apple e Google

 

A empresa passou os últimos anos tentando se distanciar das preocupações éticas de Lee Kun-hee, e seu filho alegou que não passaria a liderança para os filhos. Mesmo assim, há poucas dúvidas de que a influência de Lee pode ser sentida hoje. 

Há uma boa chance de você possuir pelo menos um produto Samsung ou usar um dispositivo que depende de peças Samsung, e Lee desempenhou um papel fundamental nisso. 

Até certo ponto, o panorama moderno dos smartphones deve sua forma a Lee: a empresa adotou os smartphones e lançou a linha Galaxy sob sua supervisão. Quaisquer que sejam as opiniões sobre Lee, as bases que ele estabeleceu podem fazer da Samsung um esteio do mundo da eletrônica por muito tempo.

Fonte: Engadget
User img

Iraci Falavina

Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Iraci é apaixonada por games,principalmente se tiverem uma boa história. Também se interessa por animes e cinema e não recusa uma boa xícara de chá. Editora-chefe do programa de jogos do curso, o Insira a Ficha.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.