Azure Space: Microsoft lança plataforma em parceria com a SpaceX
Créditos: Microsoft

Azure Space: Microsoft lança plataforma em parceria com a SpaceX

A parceria para oferecer conectividade à internet via satélite vai utilizar a rede Starlink

A Microsoft e a SpaceX iniciaram uma parceria que busca utilizar o Azure como uma plataforma de computação em nuvem que seja mais útil para a indústria espacial. 

Segundo a gigante de Redmond, ela está desenvolvendo tecnologias para ajudar os setores público e privado a se lançar com mais rapidez e garantir que eles atinjam a garantia da missão. Uma - e a primeira - dessas tecnologias é o Emulador Orbital Azure, que é capaz de realizar simulações massivas de constelações de satélites.


 

A Microsoft ainda diz que as constelações de satélites “exigem um planejamento preciso e protocolos de formação sofisticados baseados em IA” e que o emulador pode ajudar os desenvolvedores, gerando cenários em tempo real usando imagens de satélite pré-coletadas. 

Empresas e organizações podem usá-lo para treinar algoritmos de IA e garantir que a rede de satélites que estão planejando funcione exatamente como esperavam antes mesmo de efetuar o lançamento.

21/10/2020 às 10:56
Notícia

Microsoft anuncia Azure Modular Datacenter (MDC) - um datacen...

Servidor fechado e protegido foi projetado para ser usado em áreas difíceis

 

Quanto à parceria com a SpaceX, a empresa de Elon Musk fornecerá à Microsoft acesso à rede de satélites Starlink para o Azure Modular Datacenter (MDC).

Continua após a publicidade

O MDC é uma unidade de datacenter independente que pode ser transportada para qualquer lugar que seja necessário para as necessidades de computação em nuvem e armazenamento dos clientes. Ele pode operar em condições adversas e em ambientes desafiadores, incluindo locais remotos.

Satélite Starlink/Créditos: SpaceNews

A Microsoft concluiu seu anúncio com a promessa de ajudar os clientes da indústria espacial com projetos dentro e fora do planeta dizendo que um dos desafios de tecnologia mais difíceis enfrentados pelos clientes no espaço é lidar com a vasta quantidade de dados gerados por satélites.

Além disso, há complicações em utilizar serviços em nuvem e largura de banda em locais mais remotos e projetar sistemas espaciais altamente complexos. "Juntamente com nosso ecossistema de parceiros que podem ajudar a trazer esses dados para o solo mais rapidamente, estamos tornando mais fácil encontrar insights e fazer conexões que não eram possíveis antes”.

Microsoft/Reprodução

Por fim, a empresa declarou:

Estamos prontos para apoiar os clientes em suas missões espaciais fora e dentro do planeta e usar o poder da nuvem e da tecnologia espacial para ajudar as empresas em todos os setores a repensar soluções para alguns dos problemas mais desafiadores do mundo.

 

 

Fonte: Engadget
User img

Iraci Falavina

Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Iraci é apaixonada por games,principalmente se tiverem uma boa história. Também se interessa por animes e cinema e não recusa uma boa xícara de chá. Editora-chefe do programa de jogos do curso, o Insira a Ficha.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.