Xiaomi vai parar de vender 11 smartphones no Brasil - Veja quais
Créditos: Reprodução/ Wellington Arruda/Canaltech

Xiaomi vai parar de vender 11 smartphones no Brasil - Veja quais

Empresa informa que esse é "um movimento natural do mercado"

Leitura Rápida

  • A Xiaomi Brasil anunciou que está removendo 11 dos 23 smartphones vendidos oficialmente no Brasil
  • A empresa afirma que esse é um "movimento natural do mercado" e não dá mais explicações
  • Os aparelhos estarão disponíveis enquanto durarem os estoques
  • Novas unidades dos 11 modelos não serão enviadas novamente de forma oficial

A Xiaomi chegou no Brasil por meio da DL Eletrônicos, empresa brasileira que intermedia as vendas no país. Nem todo o catálogo está disponível no Brasil e, parece que mais dispositivos sairão dele. A representante da chinesa informou que 11 dos 23 smartphones vendidos oficialmente no Brasil não terão mais reposição e vão parar de ser comercializados.

Segundo o comunicado, o motivo pelo qual as vendas não serão mais feitas é pelo fato da Xiaomi estar descontinuando esses modelos aos poucos. Isso significa que a fabricação está sendo diminuída, bem como o seu envio. Portanto, não há uma data exata para o fim da comercialização. Os modelos vão começar a ficar fora de estoque aos poucos e serão removidos dos canais de vendas oficiais no Brasil.

Quais aparelhos não serão mais comercializados no Brasil: 

  • Mi 9 SE; 
  • Mi 9T; 
  • Mi 8 Lite; 
  • Mi A3; 
  • Pocophone F1; 
  • Redmi 7; 
  • Redmi 7A; 
  • Redmi Go; 
  • Redmi Note 6 Pro;
  • Redmi Note 7; 
  • Redmi Note 8.

Aparelhos que ainda serão comercializados no Brasil:

  • Poco X3 NFC; 
  • Mi Note 10; 
  • Mi 9; 
  • Redmi 8A; 
  • Redmi 8; 
  • Redmi Note 8 Pro; 
  • Redmi 9A;
  • Redmi 9C; 
  • Redmi 9; 
  • Redmi Note 9; 
  • Redmi Note 9S;
  • Redmi Note 9 Pro.

A Xiaomi anuncia diversos novos smartphones por ano. Já é esperado que as versões de anos anteriores parem de ser comercializadas. Portanto, é possível que novos modelos anunciados comecem a ser enviados para o Brasil e preencham o vazio que os modelos retirados vão deixar no catálogo. 

19/02/2020 às 19:16
Notícia

Xiaomi planeja fabricar seus smartphones no Brasil ainda em 2020

Informação foi revelada em entrevista realizada com Luciano Barbosa, chefe da empresa em nosso país

No momento, alguns dos aparelhos listados para pararem de ser comercializados já se encontram fora de estoque. Esse é o caso para o Redmi Note 7. Algo que ainda não foi explicado é o motivo de alguns modelos não constarem mais no site oficial, mesmo que estejam na lista dos que vão permanecer, como o Mi 9 e o Redmi 8.

É esperado que os modelos que contam na lista de "ficar" voltem para o estoque em breve. O mesmo não vai acontecer para os que vão ser removidos. Assim que as unidades no Brasil esgotarem, a sua comercialização é encerrada. 

Continua após a publicidade

Apesar da justificativa ser por um "movimento natural do mercado", segundo os representantes no Brasil, isso está acontecendo apenas um ano depois da marca no Brasil. Isso causa algumas dúvidas, uma vez que a Xiaomi já cortou a presença no país no passado, voltando anos depois. 

Pode ser que, com o aumento do dólar, um dos principais atributos dos dispositivos da chinesa, que é o custo benefício, não esteja compensando. É possível que esse seja um dos motivos para reduzir as opções de smartphones vendidos oficialmente. Essa é apenas uma possibilidade, a empresa não menciona essa informação oficialmente. 

Via: UOL
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.