Depois de 3 anos na liderança na Índia, Xiaomi é ultrapassada pela Samsung
Créditos: Before it's News

Depois de 3 anos na liderança na Índia, Xiaomi é ultrapassada pela Samsung

Xiaomi perde seu reinado no segundo maior mercado de smartphones do mundo

A Xiaomi tem se posicionado como uma das líderes no mercado de smartphones há um bom tempo, mas ultimamente tem visto seu domínio ser ameaçado. Agora na Índia, num dos mercados mais importantes do mundo, a empresa perde sua liderança no segmento de celulares para uma das suas principais rivais do mundo Android: a Samsung.

A popular fabricante chinesa de smartphones liderou absoluta na Índia ao longo dos três últimos anos, mas uma pesquisa de mercado mais recente da CounterPoint mostra que a Samsung conseguiu ultrapassá-la nos meses de julho e agosto de 2020. Não só isso, a empresa apresentou um crescimento de um mês ao outro, indo de 24% do mercado em julho para 25% em agosto. A Xiaomi, enquanto isso, caiu de 22% para 21%.

A fatia do mercado indiano agora melhor reflete o posicionamento das empresas no mercado global como um todo. Isso nos mostra também que a perda de dominância da Índia é um reflexo não apenas dos erros cometidos pela Xiaomi, mas também dos acertos que a Samsung tem conseguido. Seu crescimento na Índia vem acompanhado de seu crescimento no mundo todo, tendo conseguido recuperar sua liderança da Huawei no mercado global de celulares.

No cenário mundial a Xiaomi também se mostra melhor, tendo crescido sua fatia de 8% para 11%. A Huawei que teve uma queda considerável, muito possivelmente por causa da dura luta que tem travado contra restrições dos EUA à China ao longo do ano.

Voltando à comparação entre Xiaomi e Samsung na Índia, é interessante notar como as políticas recentes da fabricante chinesa têm mostrado resultados positivos no mercado global, mas nem tanto no indiano.

15/10/2020 às 09:59
Notícia

Xiaomi quer construir fábrica 100% automatizada para fazer 10...

Informações diretamente da China afirmam que fábrica vai ser inteligente e sem pessoas

Continua após a publicidade

A Xiaomi tem lançado aparelhos mais caros, segmentado suas marcas e, em certos casos, compete consigo mesma - como nos aparelhos Redmi e Poco que muitas vezes são os mesmos, apenas com nomes diferentes. Para o mercado indiano, de economia emergente, isso não tem sido bem recebido, porque sua população busca aparelhos que possam entender com facilidade e oferecem um bom custo x benefício.

E é isso que a Samsung tem feito, com linhas cada vez melhor explicadas e segmentadas e entregando bastante valor em seus celulares intermediários, com o uso de telas OLED principalmente.

Fonte: 4GNews
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.