Ikea vai parar de vender pilhas não recarregáveis até outubro de 2021
Créditos: Ikea

Ikea vai parar de vender pilhas não recarregáveis até outubro de 2021

A empresa afirma que a escolha se deu devido a preocupações com a sustentabilidade

A fornecedora sueca de móveis Ikea anunciou na quinta-feira (01) que, devido a preocupações com o desperdício e a sustentabilidade, planeja parar de vender praticamente todas as pilhas não recarregáveis em todo o mundo até outubro de 2021.

26/02/2020 às 16:35
Notícia

Uber e Lyft geram 70% mais poluição do que alternativas que s...

Cientistas recomendam utilização de carros elétricos e mais caronas compartilhadas


 

"A IKEA vendeu globalmente cerca de 300 milhões de pilhas alcalinas no ano passado, então vemos um grande potencial para inspirar nossos clientes a adotarem novos comportamentos e usar pilhas recarregáveis em todo o seu potencial", disse Emelie Knoester, gerente da área de negócios da IKEA Range & Supply em um comunicado.
 
A única exceção é que alguns produtos da Ikea dependem de pequenas pilhas não recarregáveis, e a empresa planeja continuar a vendê-las a curto prazo.

Créditos: Mercado e Consumo 

A empresa cita os resultados de vários estudos comparativos como o principal motivador para sua decisão, observando que as pilhas alcalinas têm um impacto ambiental mais profundo do que as recarregáveis de níquel-hidreto metálico (NiMh) quando usadas em dispositivos de "alto consumo", como por exemplo alto-falantes portáteis e digitais máquinas fotográficas. 
 
O impacto ambiental das pilhas recarregáveis NiMh é percebido de forma mais lenta, uma vez que sua emissão de poluentes é menor e só se iguala às pilhas alcalinas após vários usos.

A Ikea afirma que após dez cargas de uma pilha NiMh, por exemplo, "as emissões de gases de efeito estufa são mais baixas em comparação com o uso de pilhas alcalinas para obter a mesma quantidade de energia." 

14/09/2020 às 22:22
Notícia

Após dois anos, datacenter do Projeto Natick é recuperado e r...

O datacenter demonstrou que o método subaquático é viável logisticamente, ambientalmente e economicam...

Continua após a publicidade

Depois de 50 cargas, "o impacto ambiental geral das pilhas NiMH é igual ou até menor do que o impacto do uso de pilhas alcalinas." 
 
Por fim, a Ikea argumenta que se todos que compraram as 300 milhões de pilhas descartáveis que vendeu no ano passado comprassem as células reutilizáveis da varejista, as usaria em dispositivos de "alto consumo" e recarregados mais de 50 vezes, haveria menos 5.000 toneladas de pilhas descartadas em aterros. 

Fonte: Engadget
User img

Iraci Falavina

Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Iraci é apaixonada por games,principalmente se tiverem uma boa história. Também se interessa por animes e cinema e não recusa uma boa xícara de chá. Editora-chefe do programa de jogos do curso, o Insira a Ficha.

DICA: Veja como formatar o WINDOWS 10 sem PEN DRIVE [FÁCIL]

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.