Veja quais são os recursos da câmera do novo Pixel 5 e 4A 5G
Créditos: Divulgação/ Google

Veja quais são os recursos da câmera do novo Pixel 5 e 4A 5G

A Google trouxe diversas novidades para aprimorar as fotos dos seus smartphones

Leitura Rápida

  • A Google apresentou dois novos smartphones para o mercado
  • Embora eles tenham as melhores especificações de dispositivos móveis da empresa, o mercado já conta com opções melhores
  • Para equiparar a qualidade com outros topos de linha de diferentes fabricantes, a empresa apostou em pós processamento
  • Isso fica extremamente nítido no sistema de câmeras
  • Há novos sistemas de estabilização para vídeos, como o Cinematic Pan e estabilização ativa e bloqueada
  • As fotos noturnas, no modo retrato, também foram aprimoradas, oferecendo melhores resultados

O evento Launch Night In da Google apresentou uma série de novos recursos, sistemas e produtos. Entre as novidades foram comentadas algumas das novas tecnologias, presentes nos smartphones Pixel 5 e 4A 5G. As câmeras receberam novas possibilidades, que podem tornar as capturas ainda melhores. 

30/09/2020 às 17:06
Notícia

Google anuncia os smartphones Pixel 5 e Pixel 4a com conectiv...

Pixel 5 está em pré-venda nos Estados Unidos por US$ 699 e chega no dia 15 de outubro

A Google anunciou dois novos smartphones para a sua linha Pixel. Tanto o Pixel 5 como o Pixel 4A 5G possuem as melhores especificações apresentadas por dispositivos da gigante de tecnologia. Apesar disso, não são as melhores opções do mercado, o que poderia fazer ficar um pouco atrás dos concorrentes, ainda mais em câmeras.

O conjunto de câmeras são idênticos para ambos os modelos. Portanto, quando detalharmos as tecnologias, elas são válidas para os dois novos smartphones apresentados pela Google.

Lente ultra grande angular

Os novos Pixel possuem uma lente ultra grande angular. Isso significa que os smartphones são projetados para conseguir captar imagens com uma abertura muito ampla, conseguindo fazer um corte com mais objetos na cena. 

Para adicionar essa lente, a empresa decidiu sacrificar a lente telefoto, dedicada para imagens com zoom, que estava presente na versão anterior do dispositivo. Isso não significa que os usuários estão desamparados para esse tipo de foto. A empresa oferece outros recursos, como o Super Res Zoom, que é controlado via software.

Continua após a publicidade

O site XDA-Developers compartilhou algumas fotos captadas pela câmera do novo Google Pixel 5. Você pode ver na galeria acima.

Recurso de fotos panorâmicas cinematográfica

Um dos recursos amplamente falados no evento foi o Cinematic Pan. Ele está presente, pela primeira vez, no Pixel 5 e 4A 5G. O recurso traz uma visão panorâmica cinematográfica para as fotos feitas pelos usuários. Na prática, os vídeos apresentam maior estabilização, sem as "tremidas" nas imagens, tornando as capturas mais fluidas, parecidas com cenas feitas por profissionais. 

Segundo a própria Google, o desenvolvimento da panorâmica ultra suave é inspirada nos equipamentos que os diretores de Hollywood usam. Para isso, é usado o movimento panorâmico, que estabiliza o vídeo e o retarda. O resultado final são aparências que lembram capturas cinematográficas. 

Estabilização bloqueada e ativa

Além do Cinematic Pan, há outros dois modos de estabilização, sendo eles: Bloqueado e Ativo. Isso sem contar os modos de Estabilização Padrão, já presentes nas versões antigas do Pixel, que permanece nessa. 

Segundo a descrição feita no blog da Google, a estabilização padrão deve ser usada para conter vibrações leves das mãos. Já a estabilização pode ser utilizada em momentos onde os movimentos são mais pesados, onde uma tecnologia um pouco melhor é necessária. A estabilização bloqueada, por fim, foi desenvolvida para capturar fotos distantes, com zoom.

Visão noturna em modo retrato

Outro grande destaque na apresentação foi na otimização da visão noturna no modo retrato. Algo bastante interessante, mostrado pelas fotos do Google, são os modelos usados para fazer as capturas. A empresa parece ter se preocupado em entregar bons resultados mesmo em cenários desafiadores, otimizando ainda mais o Night Vision. 

Continua após a publicidade

 

Imagens padrão em ambientes pouco iluminados tendem a "lavar" toda a cena com o máximo de branco possível. O que acaba deixando as fotos pouco próximas do real e com um resultado ruim. As nuances dos ambientes pouco iluminados com espaços com luzes muito fortes - como pequenos leds em um quarto escuro, ou postes, em uma rua na madrugada -, não se destacam, oferecendo resultados de muito contraste e pouca definição. Tudo isso parece ter sido resolvido pela Inteligência Artificial usada no software da Google. 

Outro problema que as fotos em baixa luz enfrentam são em deixar o tom de pele das pessoas num tom não real. Principalmente quando se tratam de peles com tonalidade mais escura, a tendência é torná-las mais claras. Duas, das três fotos acima, são com pessoas pretas. O resultado é bastante nítido, deixando o tom da pele bonito, sem clarear desnecessariamente para que ela tenha destaque em ambiente pouco iluminado. 

30/09/2020 às 15:59
Notícia

Google anuncia Pixel 5, novo Chromecast, Google Nest Audio e ...

Empresa está trazendo uma série de novidades para o mercado

Além disso, houve a adição do recurso astrofotografia, que permite fazer fotos de estrelas. Outra adição no modo retrato é no efeito Bokeh, que é usado para desfocar a imagem de fundo. Reparem que não há um sensor de profundidade, o sistema é responsável por criar esse efeito artificialmente, com pós processamento, assim como toda a função de fotos noturnas. 

Os recursos de Night Vision já foram apresentados pela Google há bastante tempo. A cada nova atualização parece que a qualidade está cada vez maior. Ainda não se sabe se outros modelos do Pixel também vão receber esse recurso, ou se a gigante de tecnologia vai disponibilizá-lo em atualizações gerais do Android no futuro. 

Via: XDA-Developers
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

DICA: Veja como formatar o WINDOWS 10 sem PEN DRIVE [FÁCIL]

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.