Empresa francesa apresenta o Chimera,
Créditos: Cerbair

Empresa francesa apresenta o Chimera, "arma" anti-drone voltada para uso militar

Cerbair quer ajudar autoridades a derrubar drones que sejam usados de maneira ilegal

A popularização do uso de drones tem sido bem recebida pelos seus fabricantes, mas nem tanto pelas autoridades que passam a se preocupar com práticas ilegais que podem se tornar cada vez mais variadas com a assistência das pequenas aeronaves não tripuladas. É por isso que, com o crescimento do mercado de drones, cresce também o mercado de "armas" anti-drone - dispositivos capazes de derrubar os VANTs à distância, como a nova Chimera da Cerbair.

Já vimos soluções variadas nas tentativas de derrubar drones de longe, mas a ideia de atirar neles ou tentar laçá-los com uma rede não é das melhores. Isso porque essa "solução" pode acabar derrubando os gadgets de alturas consideráveis, o que causaria graves acidentes se acertar alguém passando embaixo.

É por isso que a Cerbair trabalha com ondas eletromagnéticas. As imagens do post foram cedidas pela própria empresa, que tem sua base na França. Como podemos ver, a "arma" é um kit um tanto grande, que inclui uma mochila, uma antena e o gadget que efetivamente é apontado e dispara as ondas contra o drone.

A Chimera funciona escaneando o espaço aéreo atrás das frequências normalmente usadas por drones para se comunicar com seus operadores. Depois de localizar o alvo, o "atirador" precisa apenas apontar e atirar o impulso eletromagnético contra o drone, forçando o gadget a pousar imediatamente, mas não em queda livre. A Chimera acompanha ainda outra criatura mitológica, a Hydra, um módulo para detectar a atividade de drones na área.

04/09/2020 às 14:19
Notícia

Empresas norte-americanas fecham parceria para lançar arma qu...

Essa colaboração fornecerá "acesso à tecnologia completa de detecção e eliminação" das naves

Continua após a publicidade

A Cerbair não informou preços para sua nova solução anti-drones, mas sendo um dispositivo voltado para uso militar e oficial, não deve ser um valor muito atrativo para o segmento doméstico de quem apenas não quer ser espionado em casa. Mas não se preocupe, já existem empresas trabalhando para oferecer soluções anti-drones para o segmento civil também, só ficar de olho nas novidades aqui no Mundo Conectado.

Fonte: DroneDJ
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

PIX: TUDO que você PRECISA SABER

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.