Processadores Exynos sem núcleos customizados pela Samsung estariam se saindo melhor
Créditos: TechSpot

Processadores Exynos sem núcleos customizados pela Samsung estariam se saindo melhor

Desenvolvimento da próxima geração estaria indo bem agora que a Samsung deixou o Mongoose

Rumores sobre o processo de produção da Samsung afirmam que o desenvolvimento da próxima geração de seus processadores, a série Exynos 1000, estaria indo muito bem agora que a companhia abandonou a criação de núcleos customizados Mongoose. A informação vem de Ice Universe, um "vazador" bem conhecido no mundo mobile por acertar várias de suas informações extra-oficiais, mas é sempre boa aquela dose de ceticismo, já que o post da vez passou por um processo de tradução automática do chinês para o inglês:

Pelo que afirma Ice Universe, os resultados têm sido positivos nos três segmentos em que podemos encontrar processadores Exynos, o que pode ser uma notícia muito bem-vinda para garantir uma maior concorrência no segmento de processadores para produtos mobile.

O "vazador" profissional não fez menção a nenhum produto específico, mas obviamente as atenções atualmente estão voltadas para o suposto Exynos 2100, que deve equipar a linha Galaxy S21 em alguns mercados. Vale destacar que o nome Galaxy S21 também não é oficial ainda, mas deve acabar sendo o nome dos próximos high-end da Samsung se ela seguir a lógica atual de nomenclatura de seus smartphones topo de linha.

25/09/2020 às 09:27
Notícia

Exynos 2100 virá com processo de 5 nm e com frequência de até...

Processador que virá junto com o Galaxy S21 virão com a arquitetura arm e com o núcleo principal em C...

A Samsung teria deixado de fazer sua customização nos núcleos de processadores de fabricação própria por estar impactando negativamente no resultado da performance deles. Há rumores de que a empresa pode realizar parcerias com a ARM ou a AMD para os núcleos das próximas linhas do Exynos, e não depender assim da Cortex e da Mali, empresas mais conhecida no segmento de SoCs para dispositivos mobile.

Continua após a publicidade

Apesar das críticas que a linha Exynos já sofreu, seria interessante para o mercado de dispositivos Android que a Qualcomm não estenda sua dominância para a Samsung também, deixando cada vez menos opções para o consumidor.

Via: WCCFTech Fonte: Ice Universe
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

PIX: TUDO que você PRECISA SABER

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.