Motorista é indiciado por dormir enquanto Tesla se dirige sozinho a 140 km/h
Créditos: Tesla

Motorista é indiciado por dormir enquanto Tesla se dirige sozinho a 140 km/h

Segundo a polícia canadense, banco do cidadão estava totalmente reclinado

A Alberta RCMP (Polícia Federal do Canadá) relatou um caso extremo de direção perigosa, onde um motorista estava dormindo enquanto um Tesla Model S viajava a 140 km/h na Highway 2, próximo da cidade de Ponoka, na província de Alberta. O veículo elétrico, é claro, estava com o sistema de direção autônoma Autopilot ligado.

09/09/2020 às 07:35
Notícia

Nasdaq cai 10% em 3 pregões e ações da Tesla desabam

Ações de tecnologia vêm sendo questionadas por investidores em meio às tensões comerciais

O problema é que, no seu estágio atual, o recurso ainda está com um nível 2 de autonomia, onde é exigido que o motorista fique atento e esteja preparado para interferir a qualquer momento. Isso porque, apesar de avançado, o Autopilot ainda não pode ser confiado para dirigir totalmente sozinho, sem supervisão humana.

"A Alberta RCMP recebeu uma reclamação de um carro andando em alta velocidade na Highway 2 perto de Ponoka. O carro parecia que está dirigindo sozinho, viajando acima de 140 km/h com ambos os bancos frontais totalmente reclinados e os ocupantes pareciam estar dormindo".
Tuíte da conta oficial da Alberta RCMP

Ainda de acordo com a Polícia Federal do Canadá, o motorista foi indiciado por causa da atitude. Essa não é a primeira vez que isso acontece, com alguns motoristas de carros da Tesla já tendo sido parados por prender um peso no volante – já que o sistema exige que a pessoa fique com as mãos na direção o tempo todo – e pararem de prestar a atenção no trânsito.

O nível 2 de autonomia é conhecido como o estágio "hands off" (sem as mãos), com o veículo tomando controle da aceleração, do freio e da direção. Com futuras evoluções do Autopilot, o sistema de Tesla poderá chegar ao nível 3, onde o motorista pode desviar sua atenção do que está acontecendo na estrada. 

Continua após a publicidade

Segundo a SAE International, órgão responsável por essa regulamentação, nesse nível de autonomia o motorista já pode enviar mensagens ou ver um filme. Ainda assim, é preciso estar pronto para responder a qualquer emergência, então ainda não dá para dormir. Só num futuro mais distante, com o nível de autonomia 4, que o Autopilot permitirá que o motorista durma de maneira segura enquanto o carro dirige sozinho.

 

Via: Electrek
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

ANÁLISE: Drone DJI Mini 2 - 4K, até 31 minutos de voo e 10Km de distância, precisa mais?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.