Cidasc alerta sobre pacotes com sementes misteriosas vindas da China
Créditos: Ovelhas Voadoras

Cidasc alerta sobre pacotes com sementes misteriosas vindas da China

Habitantes de Santa Catarina, Paraná e Rio Grande do Sul receberam sementes sem ter solicitado

Alguns moradores de Santa Catarina têm recebido pacotes com sementes estranhas que vêm junto com encomendas originárias de sites da China. Houve casos em que até mesmo pessoas que não fizeram compras dessas lojas receberam os pacotes misteriosos.

16/09/2020 às 13:58
Notícia

Mobvoi TicWatch GTX é um smartwatch baratinho com recursos de...

Novo relógio oferece rastreamento de condicionamento físico e uma bateria que pode durar até 10 dias

As encomendas geralmente não possuem seu conteúdo descrito, ou então são simplesmente classificadas como "joias". Os campos de remetente e destinatário são escritos utilizando kanjis.

A primeira ocorrência em Santa Catarina foi no município de Jaraguá do Sul, em que um casal que aguardava objetos de decoração recebeu como "brinde" dois pacotes com sementes.

A situação também tem ocorrido em outros países. No mês de julho, o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) abriu uma investigação a respeito do recebimento de diversos pacotes de sementes não solicitados.

No mesmo mês, o governo do Canadá fez um alerta e pediu para que os habitantes que recebessem pacotes misteriosos com sementes reportassem a situação à Agência Canadense de Inspeção de Alimentos (CFIA).

O casal de Jaraguá, já ciente disso, procurou a Secretaria de Estado da Agricultura, da Pesca e do Desenvolvimento Rural (SAR), que acionou a Companhia Integrada de Desenvolvimento Agrícola de Santa Catarina (Cidasc).

A Cidasc recolheu as sementes e as encaminhou ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). De acordo com a Cidasc, as sementes podem estar contaminadas por doenças agrícolas, e espalhar pragas. 

Além deste caso, na terça-feira, 15 de setembro, moradores de Florianópolis, Timbó e Braço do Norte, além de habitantes de cidades no Paraná e Rio Grande do Sul, também notificaram a Cidasc a respeito da mesma situação. 

A legislação brasileira prevê que qualquer importação de material de multiplicação vegetal (sementes ou mudas) deve ter autorização do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

As orientações são para que, ao receber um pacote similar, a pessoa entre em contato com a Cidasc, o Mapa ou a secretaria municipal de agricultura. Há ainda os telefones 0800-644-6510 ou (48) 3665 7300 (WhatsApp), do Departamento Estadual de Defesa Sanitária Vegetal do estado.

Fonte: NSC Total
User img

Iraci Falavina

Estudante de Jornalismo da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Iraci é apaixonada por games,principalmente se tiverem uma boa história. Também se interessa por animes e cinema e não recusa uma boa xícara de chá. Editora-chefe do programa de jogos do curso, o Insira a Ficha.

BLACK FRIDAY: DICAS para COMPRAR uma SMART TV!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.