Nvidia deve finalizar aquisição da ARM por US$ 40 bilhões nesta semana [Rumor]
Créditos: Overclock 3D

Nvidia deve finalizar aquisição da ARM por US$ 40 bilhões nesta semana [Rumor]

Empresa é responsável pelos núcleos de CPU presentes em celulares, tablets e no Nintendo Switch

A Nvidia estaria prestes a finalizar a aquisição da empresa britânica de semicondutores ARM Holdings, que é responsável pela arquitetura de núcleos de CPU presentes na grande maioria de smartphones e tablets do mercado – além de dispositivos como smartwatches e até o Nintendo Switch.

12/09/2020 às 13:57
Vídeo

Adobe Premiere Pro 2020: veja como renderizar vídeos mais ráp...

Atualização aproveita muito melhor o chip gráfico na hora de finalizar o vídeo

A fabricante de GPUs norte-americana deverá investir US$ 40 bilhões (R$ 212,7 bilhões em conversão direta) no negócio, menos do que os US$ 52 bilhões (R$ 276 bilhões) que a empresa-mãe Softbank estava pedindo.

O CEO da Softbank, Masayoshi Son, teria reunido uma pequena equipe de executivos para acompanhar a negociação. A empresa comprou ações majoritárias da ARM Holdings por US$ 32 bilhões (R$ 170 bilhões) em 2016.

Essa lista de executivos inclui Simon Segars (CEO da ARM), Rajeev Mishra (diretor da Vision Fund), Yoshimitsu Goto (diretor financeiro da ARM) e Akshay Naheta (vice-presidente sênior da Softbank).


Masayoshi Son, CEO da Softbank (Fonte: WCCF Tech)

A Nvidia e a ARM estariam tendo conversas para negociar a aquisição ao longo das últimas semanas. Fontes entrevistadas pelo The Wall Street Journal acreditam que a aquisição deverá ser encerrada já nesta semana, desde que as partes cheguem a um acordo em relação ao valor.

No momento, a transação está avaliada entre US$ 40 bilhões e US$ 45 bilhões, com a Nvidia pagando esse valor em dinheiro e em ações. Isso quer dizer que a fabricante de placas de vídeo não deverá contrair nenhuma dívida com a negociação.

Continua após a publicidade

Uma rápida análise também dá uma ideia de quantas ações a Nvidia deverá trocar com a Softbank para a transação. De acordo com o site WCCF Tech, a Nvidia tinha cerca de US$ 11 bilhões (R$ 58 bilhões) em dinheiro no final do ano fiscal de 2020. No primeiro trimestre do ano fiscal de 2021, esse valor aumentou para US$ 15 bilhões (R$ 79 bilhões).

Só que a situação mudou novamente no trimestre que terminou em julho de 2020, com a preparação para o lançamento das placas de vídeo da geração Ampere. Naquele momento, as reservas financeiras da Nvidia caíram para US$ 3 bilhões (R$ 15 bilhões). A aquisição da Mellanox por parte da fabricante norte-americana também influenciou bastante nisso, já que custou US$ 7 bilhões (R$ 37 bilhões).

Com a aquisição da ARM, a Nvidia será capaz de expandir dramaticamente as suas operações. Hoje, a empresa tem um grande foco no desenvolvimento e na venda de placas de vídeo para computadores domésticos, além de trabalhar com aplicações corporativas e montadoras de carros.

Ao trazer a designers de chips ARM para a sua alçada, a Nvidia pode passar a lucrar com os mercados de smartphones e de Internet das Coisas (IoT), além de ter acesso aos processadores para servidores da empresa britânica.

Via: WCCF Tech, Engadget Fonte: The Wall Street Journal
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.