Samsung e SK Hynix vão parar de vender componentes para a Huawei, diz rumor
Créditos: The Epoch Times

Samsung e SK Hynix vão parar de vender componentes para a Huawei, diz rumor

Empresas estrangeiras passam a seguir sanções cada vez mais impositivas contra a China

A Huawei pode perder duas grandes fornecedoras de componentes eletrônicos de uma só vez: a Samsung e a SK Hynix. Segundo informações vindas da mídia asiática, há rumores de que as duas empresas estão se preparando para interromper relações com a empresa chinesa, obedecendo regras cada vez mais impositivas sendo impostas pelo governo dos EUA contra a companhia e o país.

A informação é que Samsung e SK Hynix vão suspender seus negócios com a Huawei no dia 15 de setembro, próxima terça-feira. A data exata em que novas imposições regulatórias dos Estados Unidos entram em vigor.

Tanto a Samsung como a SK Hynix são empresas sul-coreanas e normalmente não precisariam acatar regras do governo de Trump. Mas as novas medidas regulatórias se referem especificamente à venda de produtos que usam tecnologias norte-americanas para sua fabricação. Se forem produtos licenciados, com propriedade ainda em solo dos EUA, as regras se aplicam.

A situação coloca a Huawei em maus lençóis, principalmente porque outros rumores já apontam que a TSMC, fabricante taiwanesa de semicondutores - uma das maiores do mundo - teria parado seus negócios com a empresa também. Isso dificultaria a fabricação dos processadores Kirin pela companhia, que segue sendo sufocada de diversos lados pelo alcance da influência norte-americana.

A China tem tentado responder aos avanços das imposições, como oferecendo recursos para a criação de uma companhia doméstica de fabricação de semicondutores, a SMIC. Mas até essa empresa recém-criada já é alvo de sanções do governo dos EUA. Autoridades chinesas se referiram à atitude como uma tentativa "óbvia de hegemonia".

27/08/2020 às 14:38
Notícia

TikTok deve anunciar a venda de suas operações nos EUA nos pr...

Fontes dizem que a compra do TikTok pela Microsoft será feita em parceria com o Walmart

Apesar das "brigas", a Huawei mantém ainda uma posição de liderança no mercado de smartphones, sendo uma importante cliente para diversas empresas, inclusive norte-americanas. Segundo os bastidores da economia, algumas gigantes como a Qualcomm têm feito lobby para que o governo alivie algumas dessas sanções contra a empresa, mas a administração atual dos EUA parece apenas cada vez mais decidida em barrar empresas chinesas que alcancem o status de "gigantes".

Fonte: The Verge
User img

João Gabriel Nogueira

João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline e o Mundo Conectado, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O DONO de MARTE: cientista diz ter tornado o PLANETA VERMELHO habitável; entenda

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.