Arm Cortex-R82 é o novo processador 64 bits, com capacidade para atender Linux
Créditos: Divulgação/ ARM

Arm Cortex-R82 é o novo processador 64 bits, com capacidade para atender Linux

Empresa promete desempenho até 2x superior às atuais versões dos Cortex

Leitura Rápida

  • A ARM anunciou o Cortex-R82, seu primeiro processador Cortex-R de 64 bits, com capacidade para Linux
  • A empresa promete desempenho até 2x superior, comparado às atuais versões dos Cortex, dependendo da carga de trabalho
  • Os parceiros vão poder adaptar o processador para suas necessidades, uma vez que ele é bastante flexível
  • Ele é voltado para soluções de armazenamento computacional e corporativo de próxima geração

A Arm acaba de anunciar o Cortex-R82, seu primeiro processador Cortex-R de 64 bits, com capacidade para Linux. A empresa informa que ele foi projetado para acelerar o desenvolvimento e implantação de soluções de armazenamento computacional e corporativo de próxima geração. 

Para que isso seja possível, a empresa fez algumas alterações importantes. Ele está com um desempenho superior, com aumento de até 2x, dependendo da carga de trabalho, comparado com as atuais versões Cortex. Além disso, também promete latência mais baixa, aprendizado de máquina e tecnologia opcional Arm Neon, para fornecer aceleração adicional.

O novo Cortex-R82 é de 64 bits, fornecendo acesso de até 1 TB de DRAM para processamento avançado de dados em aplicativos de armazenamento. O novo chip presenta uma unidade de gerenciamento de memória opcional (MMU). Isso permite que os sistemas operacionais rodem diretamente no controlador de armazenamento. 

A Arm promete aprendizado de máquina, IoT (Internet of Thing), IA (Inteligência Artificial), combinado com um melhor desempenho. Ele foi desenvolvido para atender demandas altas de armazenamento. A empresa também fala que ele consegue entregar melhor desempenho em segurança de dados. 

Outra promessa é a maior possibilidade de flexibilidade. Os novos recursos do processador Cortex-R82 oferecem aos parceiros a possibilidade de fazer diferentes implementações nos oito núcleos disponíveis. Além disso, é possível alterar os tipos de carga de trabalho em execução, bem como o controlador de armazenamento.

Continua após a publicidade

31/07/2020 às 16:25
Notícia

NVIDIA está em negociações avançadas com o SoftBank para comp...

Fontes disseram que as duas partes pretendem chegar a um acordo nas próximas semanas

Os usos podem ser muito variados. A empresa menciona que os desenvolvedores podem adaptar o seu processador para atender desde necessidades de segurança, para armazenar dados, até controle de aeroportos e lojas. 

A empresa também promete oferecer o melhor custo benefício para os seus desenvolvedores. Os parceiros que decidirem implementar o processador em seus produtos terão acesso à softwares simplificados, com um preço acessível. Isso pode ajudar a baratear a produção, sem perder qualidade. 

A Arm já está disponibilizando o processador Cortex-R82 para seus parceiros. Eles devem aparecer em produtos a partir do próximo ano, 2021. 

Via: TechPowerUp
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Conheça o Luna! O novo serviço de STREAMING de JOGOS da Amazon

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.