Créditos: DIvulgação/ ULA

ULA cancela decolagem histórica de satélite espião três segundos antes do lançamento

Essa seria a primeira vez em 50 anos que um foguete seria enviado da costa da Flórida

Leitura Rápida

  • A ULA teve que cancelar o envio do foguete Delta IV Heavy pela segunda vez
  • Ele apresentou problemas em um dos motores
  • A missão foi cancelada apenas três segundos antes de acontecer
  • Essa seria a primeira vez que um foguete seria enviado da Flórida, em 50 anos
  • O CEO Tory Bruno, informa que será necessário pelo menos uma semana de manutenção, antes de uma nova tentativa

A ULA (United Launch Alliance), tinha marcado o envio de seu foguete mais poderoso, o Delta IV Heavy, no último sábado, dia 29 de agosto. Três segundos antes do lançamento acontecer, a missão foi abortada. Isso porque depois dos motores ligarem, eles desligaram repentinamente. 

ULA

Segundo o comunicado oficial, aconteceu um "problema inesperado". O CEO da ULA, Tory Bruno, informou que o veículo está em boas condições, mas a empresa levará pelo menos uma semana para revisar todos os dados e tentar novamente.

O Delta IV Heavy seria lançado de Cabo Canaveral, na Flórida. Esse satélite é gigante, o maior já construído para missões da ULA. Ele apresenta três núcleos de foguete amarrados juntos para fornecer impulso extra.

Um dos motores desse conjunto apresentou problemas. Por mais que talvez fosse possível prosseguir com a missão, isso não seria totalmente seguro. Portanto, a ULA cancelou o envio, apenas três segundos antes de ele acontecer de fato.

Essa seria a 30ª missão feita com o Delta IV Heavy. A ULA não o envia com muita frequência devido seus altos custos. Por mais que seja de conhecimento o envio do satélite, detalhes da missão não foram compartilhados. Portanto, ele estava sendo chamado de "satélite espião".

31/08/2020 às 09:25
Notícia

SpaceX lança satélite de observação como parte da missão SAOC...

Missão marca a primeira vez desde 1969 que um foguete decolando da Flórida vai para o sul

Continua após a publicidade

Essa seria a primeira vez, em 50 anos, que um foguete seria enviado pela costa da Flórida. Portanto, era aguardado com grande ansiedade o lançamento, que precisou ser adiado. "Pode acontecer um evento histórico para nós esta semana", declarou Douglas Schiess, comandante da 45ª Asa Espacial.

Era programado ainda que a SpaceX lançaria seu próximo lote de satélites Starlink, usados para transmissão de internet. Esse envio havia sido encomendado pela Agência Espacial Argentina e seria cumprido pela companhia de Elon Musk.

O lançamento original da ULA estava programado para acontecer no dia 27 de agosto, na última quinta-feira. Devido a um problema com um aquecedor na plataforma de lançamento, o lançamento foi adiado para o sábado, que também não aconteceu. A equipe conseguiu consertar o erro do aquecedor, mas outro problema surgiu.

Ainda não há uma nova data para uma outra tentativa. Segundo o CEO Tory Bruno, a equipe vai precisar de pelo menos mais uma semana para revisar todos os componentes, para que a missão seja segura e aconteça como o planejado. Portanto, o Delta IV Heavy só deve ser lançado em setembro de 2020. 

Via: The Verge
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.