Apple é a primeira empresa americana com valor de mercado de US$ 2 trilhões
Créditos: Reprodução/Shutterstock

Apple é a primeira empresa americana com valor de mercado de US$ 2 trilhões

Empresa agora é uma das mais valiosas do mundo, superando a estatal saudita Saudi Aramco

A Apple atingiu um valor de mercado de US$ 2 trilhões na manhã desta quarta-feira, tornando-se a primeira empresa de capital aberto nos EUA a alcançar este marco. A gigante da tecnologia atingiu um valor de mercado de US$ 1 trilhão pela primeira vez em agosto de 2018 e dobrou de valor em pouco mais de um ano.

02/08/2018 às 17:21
Notícia

Apple se torna a primeira empresa da história com valor de me...

Boas vendas de iPhone 8 e X impulsionaram valorização da companhia

A empresa teve um impulso em seu crescimento nos últimos meses mesmo com a pandemia de Coronavírus (COVID-19) afetando negativamente outros setores da economia dos Estados Unidos. A ascensão meteórica da Apple a torna a empresa mais valiosa do mundo, superando a estatal saudita Saudi Aramco — que foi a primeira empresa a atingir a marca de US$ 2 trilhões, de acordo com dados da CNBC.

A valorização maciça da Apple é apenas o mais recente impulso para o mercado de tecnologia. Os maiores gigantes da tecnologia - incluindo também Amazon, Google e Facebook - tiveram um crescimento surpreendente em meio à pandemia. A Amazon registrou lucros recordes no último trimestre, por exemplo.

"A avaliação de US$ 2 trilhões da Apple representa cerca de 10% do PIB dos EUA e cerca de 7% do S&P 500", disse David Kass, professor de finanças da Escola de Negócios Robert H. Smith da Universidade de Maryland. "Seu iPhone é onipresente. Transformou a forma como vivemos. Seu ecossistema é autossustentável".

A histórica valorização da Apple vem em um momento em que a empresa está sob escrutínio por práticas antitruste, especificamente quando se trata da App Store. Investigações separadas do New York Times e do The Wall Street Journal no ano passado descobriram que a Apple tem favorecido seus próprios aplicativos em relação aos feitos por terceiros. A empresa de Cupertino é atualmente o foco de investigações federais, e o CEO da Apple, Tim Cook, teve que testemunhar em uma audiência antitruste Big Tech no mês passado como parte das investigações em andamento.

Apple é a primeira empresa americana com valor de mercado de US$ 2 trilhões
Reprodução/Julian Chokkattu/Digital Trends

Outras empresas alegam que a App Store da Apple participa de práticas anticompetitivas. Na semana passada, a Epic Games processou a Apple por tirar o jogo Fortnite da App Store devido a uma violação dos termos da loja. As regras da Apple dizem que todos os pagamentos precisam ser processados pela empresa. Com isso ela fica com 30% de cada transação. Como a Epic Games adicionou um sistema de pagamentos diretos no jogo, esses pagamentos não precisariam ser processados pela Apple – o que seria uma violação clara dos seus termos.

Continua após a publicidade

A ação judicial da Epic Games alega que "como a Apple tem um monopólio sobre a distribuição de aplicativos para iOS, os desenvolvedores de aplicativos não têm escolha a não ser aceitar a forma como ela conduz as coisas”.

Fonte: DigitalTrends
User img

Fabio Rosolen

Conheça o Luna! O novo serviço de STREAMING de JOGOS da Amazon

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.