Google está testando secretamente o espectro de 6 GHz nos EUA
Créditos: Reprodução/ SAPO Tek

Google está testando secretamente o espectro de 6 GHz nos EUA

Isso pode indicar que a empresa planeja expandir o serviço de internet banner Fiber WebPass

Leitura Rápida

  • A Google solicitou amplos testes do espectro de 6 GHz em várias cidades dos Estados Unidos, ao FCC
  • Possivelmente a empresa está investindo para aumentar e melhorar o seu serviço de internet banda larga
  • O esperado é que o serviço banner Fiber WebPass seja ampliado
  • A empresa solicita sigilo no documento, portanto nada ainda foi confirmado

Um novo documento de certificação mostrou que a Google está pedindo permissão ao FCC (órgão de certificação dos EUA, semelhante a ANATEL no Brasil) para testes de novas bandas. A gigante de tecnologia solicitou amplos testes do espectro de 6 GHz em várias cidades dos Estados Unidos. Isso pode indicar que a empresa está testando novos tipos de serviços de internet, possivelmente para expandir a banner Fiber WebPass.

Esses testes estavam sendo mantidos em sigilo. A própria empresa menciona no documento que deseja que esses testes não sejam publicados online. A Google menciona “se sujeito à divulgação pública, causaria danos comerciais, econômicos e competitivos significativos”.

O documento solicitava que o testes fossem feitos em várias cidades, dentro de 17 estados. A lista inclui o Arizona, Califórnia, Colorado, Flórida, Geórgia, Illinois, Iowa, Kansas, Nebraska, Nevada, Nova York, Carolina do Norte, Oklahoma, Oregon, Texas, Utah e Virgínia. Apenas na Califórnia a Google menciona que planeja testar em sete cidades, incluindo Los Angeles e San Francisco.

23/04/2020 às 16:05
Notícia

FCC ratifica padrão de internet sem fio Wi-Fi 6E nos EUA

Nova geração de conexões vai utilizar banda de rádio de 6GHz

Não está explícito o motivo pelo qual a empresa gostaria de manter os testes em total sigilo. Possivelmente, a principal razão é não chamar a atenção de concorrentes. A FCC desbloqueou uma faixa de espectro de 6 GHz não licenciado, que poderia ser usado para 5G, conexões WiFi veículo a veículo, IoT e muito mais, há pouco tempo. 

A frequência de espectro traz diversos benefícios. Ela permite conexões sem fio potencialmente mais rápidas, comparado as de 5 GHz, usados para WiFi. A desvantagem é que a nova faixa será limitada a distâncias ainda mais curtas. A empresa disse que conduzirá seus testes ao longo de 24 meses “sem interferência prejudicial a outros usuários autorizados”.

Como os testes não estão sendo divulgados, é possível que a Google esteja planejando criar uma série de novas tecnologias. Apesar da possibilidade, o mais provável é que seja um novo modelo de internet sem fio. Isso porque o documento faz menção à "banda larga". 

Continua após a publicidade

Além disso, a gigante tem procurado aproveitar a largura de banda não utilizada desde 2014, para conexões de “última milha”. A Google também já lançou o WebPass sem fio em várias cidades. O esperado é que o investimento seja para expandir e melhorar o serviço. Novamente, nada ainda foi confirmado e a empresa está mantendo sigilo a respeito das informações. 

Via: Engadget
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Estamos com a MI BAND 5! Veja o que a PULSEIRA INTELIGENTE da XIAOMI pode fazer

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.