Fábrica inteligente da Xiaomi começa a funcionar em Pequim
Créditos: Reprodução/Xiaomi

Fábrica inteligente da Xiaomi começa a funcionar em Pequim

Novo smartphone Mi 10 Ultra é fabricado na instalação da marca chinesa

A nova fábrica inteligente da Xiaomi na China já começou a funcionar para produzir dispositivos da marca, de acordo com o site China Daily. A companhia realizou um evento nesta semana (11 de agosto) onde Lei Jun, o cofundador e CEO da empresa, confirmou que sua “Smar Factory” em Yizhuang, Pequim, iniciou as operações. Inclusive, o recém anunciado smartphone Mi 10 Ultra é fabricado na nova instalação.

28/05/2019 às 09:35
Artigo

Conheça a história da Xiaomi! De startup a gigante dos smartp...

A empresa quer se consolidar com dispositivos de internet das coisas e já anunciou sua vinda ao Brasil

O CEO Lei Jun revelou ainda em 2019 que a Xiaomi estava construindo uma fábrica inteligente voltada para tecnologias 5G e IA (Inteligência Artificial). A instalação está operando normalmente e conta com uma área de 18.600 metros quadrados, equipada com uma linha de produção totalmente automatizada que abrange desde a gestão da produção ao processamento da máquina, embalagem e armazenamento. A fábrica é capaz de produzir mais de 1 milhão de smartphones por ano.


Lei Jun, fundador e CEO da Xiaomi

De acordo com a Xiaomi, a nova instalação é dedicada à fabricação de smartphones premium, os "carros-chefe" da marca. Além disso, a fábrica também será utilizada para testes de materiais, tecnologias e processos de fabricação de última geração, bem como para projetos de pré-pesquisa e P&D de equipamentos de automação.

Atualmente, a empresa está produzindo apenas o Mi 10 Ultra Transparent Edition na Smart Factory, mas espera-se que o número de modelos aumente com a introdução de novos aparelhos premium nos próximos meses. O CEO da Xiaomi também revelou que a próxima fase da Smart Factory ficará pronta daqui a três anos, sem especificar quais tecnologias ou automatizações a fábrica irá receber.

Continua após a publicidade

Com a inauguração da Smart Factory, os envios de peças e smartphones para o mercado deverá se manter mais estável mesmo com a crise do coronavírus. Com a pandemia, muitas instalações na Ásia (principalmente na China), tiveram que reduzir a mão-de-obra para evitar o contágio da doença. Algumas empresas até mesmo pararam suas produções por dias, o que afetou o mercado global e marcas que dependiam de manufaturados da região.

Fonte: China Daily
User img

Mariela Cancelier

Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.