Mais de 3 milhões de brasileiros tiveram o WhatsApp clonado em 2020
Créditos: Pixabay

Mais de 3 milhões de brasileiros tiveram o WhatsApp clonado em 2020

Levantamento feito por laboratório especializado indica que só em julho foram 340 mil aparelhos hackeados

Com a popularização do WhatSapp, cresceu também o número de golpes para tentar clonar o aplicativo. Um levantamento feito pelo dfndr lab, laboratório especializado em segurança digital do grupo PSafe, mostra que só em julho circularam mais de 40 mil links de golpes, o suficiente para que 340 mil pessoas fossem prejudicadas.

Do início do ano pra cá, estima-se que mais de 3 milhões de brasileiros já foram vítimas de algum tipo de golpe envolvendo o app. Apesar disso, houve uma queda considerável no número de vítimas, caiu em 18% em relação ao ano passado.

O diretor do dfndr lab, Emilio Simoni, comenta que os golpes utilizam de navegadores e são mais comuns com notificações push. Ele explica que a estratégia dos criminosos é induzir a vítima a clicar em um link malicioso, geralmente compartilhado através de redes sociais ou WhatSapp, com a promessa de acesso a um conteúdo específico. A partir daí, a página falsa pede permissão para o envio de notificações push. Com isso, os criminosos passam a exibir anúncios que geram receita para eles e muitas vezes conseguem aplicar novos golpes.

Phishing: Como um login de e-mail
roubado pode comprometer uma empresa inteira

Para Simoni a melhor maneira de conseguir prevenir esse tipo de ataque é educando os usuários. Ele comenta que a popularidade que este assunto ganhou nos últimos tempos ajudou a conscientizar as pessoas e contribuiu para a diminuição no número de vítimas em julho. Ainda ssim, ele afirma que não é o suficiente para o combate efetivo ao golpe: "Os criminosos estão sempre criando novas maneiras de atrair e enganar vítimas, por isso é necessário ter sempre uma solução de segurança instalada em seu dispositivo."

Aqui no Mundo Conectado estamos sempre discutindo segurança digital e temos um artigo completo dando recomendações de como você pode evitar cair em golpes na internet, seja pelo Whatsapp, algum outro aplicativo ou até mesmo por e-mail.

 

Fonte: PSafe
User img

Neri Neto

O universo geek faz parte do dia a dia, da vida, deste jornalista. Formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, Neri Neto é responsável por conteúdos diversos no Mundo Conectado. Ele adora tecnologia, cinema, games e descobriu ainda na infância que a linguagem dos vídeos seria perfeita para falar de tudo que ama. Neri também fala bastante em terceira pessoa, gosta de descontrair e está sempre nas redes sociais.

Os novos SMARTPHONES da LG: K52, K62 e K62+ | Unboxing

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.