Galaxy Note 20 Ultra é o primeiro celular com display OLED VRR da Samsung
Créditos: Reprodução/Samsung

Galaxy Note 20 Ultra é o primeiro celular com display OLED VRR da Samsung

Nova tecnologia aumenta economia de energia do aparelho

O Galaxy Note 20 Ultra 5G é o primeiro smartphone que conta com a nova tecnologia de display VRR OLED da Samsung, de acordo com o relatório do site Business Wire. A Samsung Display (segmento da companhia principal) anunciou que a tela do topo de linha Galaxy Note 20 Ultra possui uma tecnologia que resulta em uma economia de energia maior se comparada com smartphones anteriores da empresa ou de qualquer outra marca no mercado. O OLED de baixa potência da tela é capaz de usar frequência adaptativa para reduzir o consumo em 22%.

Confira as novidades da linha Galaxy Note 20!

11/08/2020 às 14:50
Notícia

Versão americana dos Galaxy Note 20 e Note 20 Ultra não tem f...

Empresa adota mesma decisão que Apple de não enviar os periféricos na caixa

O VRR OLED permite que o monitor utilize taxas de atualização variáveis que consomem a menor quantidade possível de energia para diferentes aplicações. Por exemplo, para jogos para celular, a tela suporta uma taxa de atualização de 120 Hz, já que games normalmente exigem mais reflexo e atenção aos detalhes, principalmente se forem jogos online populares como Free Fire ou PUBG Mobile

Já para streaming de filmes, a atualização da tela cai para 60 Hz e os e-mails vão para 30 Hz. Tudo depende da exigência do aplicativo ou ação executada no smartphone. Ao visualizar imagens estáticas ou navegar nas redes sociais, o refresh rate diminui para 10Hz, segundo o relatório da tecnologia.

O Galaxy Note 20 Ultra é o primeiro a utilizar essa tecnologia, portanto, espera-se que todos os próximo modelos "topo de linha" da Samsung continuem trazendo o display OLED VRR. Os modelos anteriores da empresa usavam uma taxa de atualização fixa, o que significa que eles manteriam a melhor taxa de atualização que a tela suportasse.

Embora algumas fabricantes já optassem por uma taxa de atualização adaptativa (podendo modificar manualmente a taxa nas configurações), o dispositivo não teria a capacidade de alternar entre todas essas variáveis, principalmente em valores menores que 60Hz. Normalmente, smartphones com essa ferramenta de escolher o refresh rate de tela oferecem apenas duas opções e são modelos mais caros ou voltados para mobile gaming.

Continua após a publicidade

Por enquanto, o sistema  Android ainda não oferece suporte ao VRR real. Isso significa que, mesmo que a tela seja totalmente capaz de executar essa tecnologia, o sistema operacional do dispositivo ainda não é compatível. Para isso, a Samsung e Google deverão fazer ajustes habilitar o VRR nos displays. 

Via: Engadget Fonte: Business Wire
User img

Mariela Cancelier

Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Os novos SMARTPHONES da LG: K52, K62 e K62+ | Unboxing

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.