WEG cria linha de tintas que mata o coronavírus
Créditos: WEG S.A.

WEG cria linha de tintas que mata o coronavírus

Empresa catarinense diz que o produto pode ser usado para proteger locais como hospitais e supermercados

Leitura Rápida

  • Empresa do norte de Santa Catarina cria tinta que mata 99,99% dos coronavírus em superfícies em até 5 minutos
  • Produto pode ser usado para proteger hospitais, terminais de transporte e supermercados
  • Vendas já iniciaram para o mercado interno e externo

A multinacional catarinense WEG S.A. desenvolveu uma tinta antiviral que destrói 99,99% dos coronavírus em até 5 minutos de contato, enquanto o vírus consegue sobreviver por até 72 horas em situações normais.

O produto é, portanto, um avanço significativo para o combate à disseminação da COVID 19 via contato indireto.

A empresa sediada em Jaraguá do Sul, no norte do estado, anunciou ainda que já está disponível a venda da linha W-THANE APA 501 Protection tanto para o mercado interno quanto externo. Segundo a WEG, a tinta poliuretana estará disponível nas mais diversas cores.

Esta é mais uma movimentação de combate à pandemia por parte da empresa industrial brasileira especializada em motores elétricos.

A WEG já havia se preparado para produzir respiradores pulmonares no início da escalada da doença.

(Créditos: Canal da WEG S.A. no Youtube)

Os testes foram feitos com o Coronavírus cepa MHV-3, Gênero Betacoronavírus (assim como SARS-CoV1, SARS-CoV-2/Covid19, MERS) e seguiram as recomendações da ANVISA e as metodologias com padrões internacionais. Segundo a empresa, isto atesta sua eficácia.

O desenvolvimento aconteceu na Unidade de Tintas e Vernizes da WEG, que já é parte importante da companhia há décadas.

Continua após a publicidade

Espera-se que o novo produto passe a fazer a proteção de hospitais, laboratórios, consultórios, estações de transporte, supermercados e indústrias, seja na estrutura construída, móveis ou equipamentos.

(Tintas e vernizes WEG - Créditos: WEG S.A.)

A inovação realizada é só mais uma entre as muitas que puxam o crescimento acelerado da empresa. Ao fim do ano passado, a WEG anunciou uma parceria com a FuelTech para converter motores a combustão em motores elétricos.

Diversificando suas operações, realizando aquisições, inovando e se adaptando, a companhia vê suas ações crescem mesmo com o momento turbulento da economia. O preço de mercado da WEGE3 já dobrou desde janeiro, beirando os R$ 70 e mantendo o ritmo dos anos anteriores.

Via: Estadão Fonte: WEG
User img

Odir Brüggmann Filho

Conheça o Luna! O novo serviço de STREAMING de JOGOS da Amazon

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.