Um drone pode derrubar um avião? Veja colisão de drone em aeromodelo
Créditos: Reprodução/ Krisztián Jankai / HIFLYZONE

Um drone pode derrubar um avião? Veja colisão de drone em aeromodelo

Um teste realizado na Hungria mostrou os impactos de colisões entre as aeronaves

Leitura Rápida

  • Um canal da Hungria fez um vídeo mostrando várias colisões entre drones e um avião
  • O aeromodelo usado era um Antoniv AN-2 russo
  • Nada sério ocorreu, mas vários danos foram registrados para ambas as aeronaves

Os pilotos de drones já sabem: é estritamente proibido levantar voo em áreas onde há a possibilidade de atingir aeronaves tripuladas. Apesar de saber que isso é extremamente perigoso, é necessário realizar simulações para se ter dimensão dos impactos. É isso que alguns pesquisadores da Hungria estão fazendo. Vários voos testes, em ambientes monitorados e controlados, mostraram os danos que a irresponsabilidade pode causar.

O desenvolvimento desses testes foi gravado e publicado no YouTube. Para isso foi usado um avião Antoniv AN-2, construído na Rússia. Vale ressaltar que essa aeronave possui um porte médio e é fabricada para resistir a diversos fatores. Alguns comentários no vídeo dizem que a "aeronave é como um tanque". Você pode conferir o vídeo abaixo:

18/05/2020 às 11:48
Notícia

Piloto que sobrevoou próximo à aviões nos EUA está sendo inve...

O autor do voo vai ser indiciado pelo FAA, Marinha e autoridades locais

Esses testes são bem próximos a situações reais. É possível que, em outros cenários, onde o avião estiver em maior velocidade, esteja mais carregado ou seja uma opção menor e com a construção mais frágil, algo mais grave poderia ter acontecido.

Várias colisões são realizadas. É possível perceber que nada de muito sério aconteceu. Lembrando que os testes estavam sendo realizados com o máximo de segurança que foi possível, para evitar tragédias. 

Continua após a publicidade

Um modo mais seguro de realizar esses testes é dentro do laboratório. São nesses ambientes que aeronaves diferentes passam por cenas que poderiam acontecer no mundo real. Assim é possível mostrar possíveis danos que poderiam acarretar em colisões reais. 

Em outras pesquisas realizadas em laboratórios, colisões de drones e aeronaves se mostraram muito perigosas. Um dos testes mais famosos feitos foi desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa da Universidade de Dayton. Os envolvidos no projeto dispararam um Phantom 2, na direção da asa de uma aeronave Mooney M20. Os resultados obtidos podem ser vistos no vídeo abaixo.

Via: DroneDJ
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Conheça o Luna! O novo serviço de STREAMING de JOGOS da Amazon

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.