SpaceX faz história novamente com o pouso da missão Crew Dragon
Créditos: Divulgação/ SpaceX

SpaceX faz história novamente com o pouso da missão Crew Dragon

Os astronautas pousaram no Oceano Atlântico em segurança

Leitura Rápida

  • O primeiro voo teste tripulado da SpaceX foi um sucesso
  • Os astronautas pousaram em segurança no Oceano Atlântico
  • Um pouso em água não ocorria há 45 anos
  • Tudo correu conforme o planejado e é esperado que a NASA conceda a permissão para voos regulares da SpaceX em breve

A SpaceX, empresa de sistemas aeroespaciais liderada por Elon Musk, fez história com a missão Crew Dragon. A primeira missão tripulada realizada pela empresa retomou o protagonismo estadunidense em missões espaciais. Ela retornou para a terra, chegando ao fim, neste final de semana. O pouso foi feito no Oceano Atlântico.

Além de ser a primeira missão com astronautas norte-americanos em quase 10 anos, essa também foi o primeiro pouso na água em 45 anos. Tudo correu conforme o planejado, com a tripulação sendo enviada em segurança para os seus lares. 

A tripulação contava com os astronautas veteranos da NASA, Bob Behnken e Doug Hurley. Os dois desembarcaram com sucesso no Oceano Atlântico. O voo de volta levou cerca de 20 horas. Isso significa que o primeiro voo orbital tripulado, enviado por uma empresa privada, foi um sucesso. Apesar do apoio governamental, a missão foi totalmente custeado com verba privada. 

27/05/2020 às 16:00
Artigo

O lançamento TRIPULADO da SpaceX é mais importante do que par...

Além de ser um marco para a empresa de Elon Musk, também representa um "grande passo" para os EUA

Os astronautas chegaram na costa de Pensacola, Golfo do México, às 15h48 (horário de Brasília). O local foi escolhido por as previsões climáticas estarem favoráveis, tornando a operação mais segura. Quatro paraquedas desaceleraram a nave, para que o impacto no oceano não fosse tão grande. Equipes de resgate já estavam a postos para levar a tripulação de volta a solo firme.

Continua após a publicidade

Essa missão foi marcada pela otimização e uso de novas tecnologias. Assim como a decolagem, o pouso foi seguro e tranquilo, correndo de forma totalmente automatizada. Comparado com missões anteriores, as ações manuais feitas pelos astronautas, foram altamente reduzidas. 

Esse foi o primeiro voo de teste feito pela SpaceX. É esperado que com o sucesso da missão a NASA certifique a nave desenvolvida pela empresa para voos regulares. Isso pode fazer com que os custos de voos futuros fiquem mais baixos, expandindo ainda mais o comércio espacial. 

O SpaceX já havia testado esse pouso diversas vezes, antes mesmo da missão ser iniciada. Uma das principais preocupações, inclusive dos astronautas, era referente ao retorno para a Terra. O pouso aconteceu em alto-mar, assim como na missão Apollo-Soyuz, de 1975. Esse procedimento é conhecido como splashdown ou amaragem

Via: Revista Galileu, Engadget
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Conheça o Luna! O novo serviço de STREAMING de JOGOS da Amazon

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.