Trump vai banir aplicativo TikTok dos EUA
Créditos: Reprodução/ InfoMoney e Oficina da Net

Trump vai banir aplicativo TikTok dos EUA

O presidente vai assinar uma ordem restritiva que pode começar a valer nesta semana

Leitura Rápida

  • O presidente dos EUA, Donald Trump, pronunciou que pretende banir TikTok no país
  • Trump mencionou que pretende assinar uma ordem restritiva contra o app
  • Ele não divulgou justificativas concretas a respeito da ação

O atual presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou que pretende banir o aplicativo TikTok dos país. Ele falou em entrevista a repórteres do Air Force One que "No que diz respeito ao TikTok, estamos banindo-os dos Estados Unidos". A decisão deve ser feita por meio de uma Ordem Executiva, que deve começar a valer assim que assinada.

O TikTok é uma rede social chinesa, uma das primeiras que ganhou grande popularidade no ocidente. Ela funciona semelhante a outras redes, como Instagram, onde o usuário compartilha vídeos curtos de entretenimento. Ele se tornou muito popular entre os jovens, principalmente com os adolescentes.

31/07/2020 às 23:36
Notícia

Microsoft estaria interessada na aquisição do braço americano...

Com ameaça de sofrer um banimento por parte do governo dos EUA, ByteDance Ltd deverá ser obrigada em ...

 

Trump ameaça que o aplicativo será banido do país há algum tempo. Ele informou durante a entrevista que assinaria o documento hoje, dia 1 de agosto. Apesar da vontade do presidente da ordem começar imediatamente, é pouco provável que isso ocorra durante a próxima semana.

Essa não é a primeira medida restritiva do atual governo estadunidense para minimizar a participação da China, principalmente em tecnologia. Uma outra ordem também restringiu a Huawei - outra empresa chinesa -, de fazer relações comerciais com empresas dos Estados Unidos. Parece que isso também está se estendendo a ByteDance, responsável pelo app TikTok.

Apesar da afirmativa do presidente, a gerente geral da TikTok nos EUA, Vanessa Pappas, falou que "não pretende ir a lugar nenhum". A executiva divulgou um vídeo pela plataforma, onde informa que a empresa estava ciente da situação, mas que pretende "estar aqui a longo prazo". Ela ainda lembra que a empresa deve garantir cerca de 10.000 empregos para o país, nos próximos três anos. 

Ainda não foi divulgada uma justificativa concreta para que o aplicativo seja banido do país. O presidente Trump cita que está preocupado com a segurança de dados dos cidadãos do país, mas não demonstra que o aplicativo estava usando as informações indevidamente. O TikTok diz que segue as normas sobre a segurança de dados de todos os seus usuários. 

Não se sabe como o presidente irá impedir a circulação do app no país. É possível fazer o bloqueio de softwares por diversas maneiras, mas as leis dos EUA não indicam uma validade para ação. Por esse motivo, é esperado que a ação não passe pela Casa Branca e não entre em vigor. 

Continua após a publicidade
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

Testamos o ROG Phone 3!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.