NVIDIA está em negociações avançadas com o SoftBank para comprar a ARM
Créditos: Reprodução/NVIDIA

NVIDIA está em negociações avançadas com o SoftBank para comprar a ARM

Fontes disseram que as duas partes pretendem chegar a um acordo nas próximas semanas

Parece que os rumores anteriores tinham mesmo fundamento: De acordo com fontes da agência de notícias Bloomberg, a NVIDIA “está em negociações avançadas” com o conglomerado japonês SoftBank para comprar a ARM. A designer de chips foi comprada pelo SoftBank quatro anos atrás por US$ 32 bilhões. Os rumores sobre a aquisição começaram a circular nas últimas semanas, mas agora parece que algo está realmente acontecendo.

23/07/2020 às 13:48
Notícia

Nvidia pode estar interessada em comprar a ARM [Rumor]

Empresa designer de chips valeria cerca de US$ 44 bilhões em oferta pública

As fontes, que pediram para permanecer anônimas, disseram que as duas partes pretendem chegar a um acordo nas próximas semanas e que a NVIDIA é a única interessada em discussões concretas com o SoftBank.

Um acordo para a aquisição da ARM pode ser o maior de todos os tempos na indústria de semicondutores, que vem se consolidando ainda mais nos últimos anos. Mas qualquer acordo com a NVIDIA, que também é cliente da ARM, provavelmente desencadearia um escrutínio regulatório, bem como uma onda de oposição de outros clientes.

A tecnologia da ARM, com sede na Inglaterra, sustenta chips cruciais para a maioria dos eletrônicos modernos, incluindo aqueles que dominam o mercado de smartphones, uma área na qual a NVIDIA não conseguiu ganhar uma posição. Clientes como Apple, Qualcomm, AMD e Intel, poderiam exigir garantias de que um novo proprietário continuaria fornecendo acesso igual ao conjunto de instruções da ARM. Tais preocupações no passado resultaram na compra da ARM pelo SoftBank quando a designer de chips foi colocada à venda.

NVIDIA está em negociações avançadas com o SoftBank para comprar a ARM
Reprodução/Wccftech

Nenhuma decisão final foi tomada, e as negociações podem se arrastar por mais tempo ou desmoronar, disseram as fontes. O SoftBank também pode medir o interesse de outros interessados se não conseguir chegar a um acordo com a NVIDIA.

Representantes da NVIDIA, SoftBank e ARM se recusaram a comentar sobre o assunto.

Continua após a publicidade

"Com o modelo fabless de baixo custo da NVIDIA, permitindo que ela se concentre em Pesquisa e Desenvolvimento, engenharia e programação, a aquisição da ARM seria algo perfeito", disse Neil Campling, analista da Mirabaud Securities.

A NVIDIA é a maior fabricante de processadores gráficos e está espalhando seu uso em novas áreas, como processamento de inteligência artificial em data centers e carros autônomos. Casar suas próprias capacidades com unidades centrais de processamento projetadas pela ARM pode permitir que ela concorra com Intel e AMD de uma maneira mais abrangente, de acordo com o analista Hans Mosesmann, da Rosenblatt Securities. Ele estima que a NVIDIA teria que pagar cerca de US$ 55 bilhões pela ARM. "Você precisa do controle dos roadmaps de CPU e GPU e isso, é claro, inclui data centers", disse ele em nota nesta sexta-feira. "Estrategicamente, a NVIDIA precisa de uma CPU escalável que possa ser integrada ao seu roadmap de GPU, como é o caso da AMD e da Intel".

O SoftBank vem explorando opções para se desfazer de parte ou de toda sua participação na ARM através de uma venda ou oferta pública de ações. A empresa de design de chips poderia se tornar pública já no próximo ano se o conglomerado japonês decidir prosseguir com essa opção.

A ARM tornou-se mais valiosa à medida que promove sua arquitetura para carros inteligentes, data centers e equipamentos de rede. A empresa pode valer US$ 44 bilhões se prosseguir com uma oferta pública inicial no próximo ano, uma avaliação que pode subir para US$ 68 bilhões até 2025, de acordo com a New Street Research LLP.

Fonte: TechPowerUp, Bloomberg
User img

Fabio Rosolen

BLACK FRIDAY: DICAS para COMPRAR uma SMART TV!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.