Ford usa “cães robôs” da Boston Dynamics para escanear fábricas
Créditos: Divulgação/Ford

Ford usa “cães robôs” da Boston Dynamics para escanear fábricas

Fluffy e Spot são os robôs de quatro patas que deverão mapear os locais para economizar tempo e dinheiro

A Ford anunciou que está usando dois cães robôs em um programa piloto de manufatura nos Estados Unidos para preparar suas fábricas para a introdução de novos produtos. Os cachorros mecânicos são, na verdade, criações da Boston Dynamics e até têm nomes: Fluffy e Spot. O objetivo é usá-los para escanear as fábricas e economizar tempo, dinheiro e aumentar a eficiência desse trabalho.

Os robôs pesam cerca de 30 kg e podem fazer alguns truques de cães normais como sentar, dar a pata e rolar. Mas para suas missões nas fábricas, eles precisam de outras habilidades como subir rampas, degraus e digitalizar o ambiente com câmeras de 360 graus. Ambas as máquinas são alugadas da Boston Dynamics e estão sendo usados na fábrica de transmissões Van Dyke, em Michigan.

Fluffy e Spot são equipados com cinco câmeras e podem andar a até 5 km/h com uma bateria com cerca de duas horas de duração, escaneando o chão de fábrica para auxiliar os engenheiros a atualizar a planta. O "emprego" dos dois cães robôs consiste em fazer uma leitura de todos os lugares da fábrica para detectar reformar e alterações que não foram documentadas.

A maneira tradicional de mapear a fábrica e digitalizá-la custava quase US$ 300.000, de acordo com a Ford. Caso o teste com os cães robôs funcionar, a equipe de manufatura da Ford poderá escanear todas as fábricas por muito menos. O plano é que com o tempo os robôs sejam operados remotamente, programando-os para missões na fábrica e recebendo relatórios imediatamente de qualquer lugar.

Por enquanto, eles são programados para seguir um caminho específico e operados a até 50 metros de distância. Fluffy e Spot possuem agilidade e cada um deles é perfeito para um tipo de tarefa e local. Eles são comandados por um controle parecido com os de videogame, com visão remota da câmera. Se ocorrer algum problema, uma função de parada segura impede que eles colidam com qualquer coisa.

Continua após a publicidade

User img

Mariela Cancelier

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

MAVIC AIR 2 - Uma análise de DRONE no PARAÍSO

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.