Veja como observar o cometa Neowise no Brasil a partir do dia 22 de julho
Créditos: Reprodução/ Peter Komka/MTI/AP

Veja como observar o cometa Neowise no Brasil a partir do dia 22 de julho

O cometa vai passar pelo hemisfério sul até o dia 24 de julho, na sexta-feira

Leitura Rápida

  • O cometa Neowise vai passar pelo Hemisfério Sul a partir do dia 22 de julho
  • Para observá-lo basta olhar para direita de onde o sol se põe, no horizonte
  • Ele vai passar até o dia 24 de julho

O cometa "Neowise", como está sendo chamado, vai poder ser visualizado no Brasil a partir desta quarta-feira, dia 22 de julho. Esse cometa já pode ser observado na Hemisfério Norte no início de julho e, agora, quem mora no hemisfério sul também vai poder observar ao vivo. Para vê-lo basta olhar para linha horizonte, à direita de onde o sol se põe.

O cometa não vai aparecer em todas as regiões do Brasil ao mesmo tempo. Como nosso país é continental, ele deve ir aparecendo aos poucos nas diferentes regiões. Conforme mais o sul você estiver, mais irá demorar para o cometa chegar. Ele é um pequeno ponto no horizonte.

A partir de hoje, dia 22, quem está no Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Espírito Santo vão poder acompanhar o fenômeno. No dia 23 ele irá aparecer no Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná. Apenas no dia 24 de julho os catarinenses e gaúchos vão poder observar o cometa.

  • Dia 22, quarta-feira: Mato Grosso do Sul, Minas Gerais e Espírito Santo;
  • Dia 23, quinta-feira: Rio de Janeiro, São Paulo e Paraná;
  • Dia 24,  sexta-feira: Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

O nome do cometa foi dado em homenagem ao satélite que o descobriu. O Neowise da NASA o identificou pela primeira e ele pode ser visto a olho nu pelos habitantes da Hemisfério Norte em 3 de julho. Ele só pode ser visto quando atingiu seu periélio, que é o ponto de sua órbita onde ele fica o mais próximo do Sol.

Um cometa é um agrupamento de elementos. Eles são formados por gelo, rochas e materiais orgânicos. Eles vêm de diferentes lugares do espaço, tanto em locais mais "próximos", como os mais distantes. É estimado que esse cometa tenha vindo do cinturão de Kuiper, ou talvez de lugares ainda mais distantes, como a chamada nuvem de Oort.

A NASA diz que o cometa Neowise é um dos poucos que poderão ser vistos a olho nu na Terra no século XXI. A estimativa é que ele chegue mais próximo da Terra no dia 23, portanto pode ser que a sua observação fique mais nítida na quinta-feira. A partir do dia 24 de julho ele terá concluído a sua passagem e não poderá mais ser visto.

Fonte: G1
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

MAVIC AIR 2 - Uma análise de DRONE no PARAÍSO

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.