TSMC será responsável por chips ARM nos novos MacBooks
Créditos: Reprodução/Apple

TSMC será responsável por chips ARM nos novos MacBooks

Apple está fazendo a transição de processadores Intel para ARM personalizados em seus Macs

A TSMC será a responsável pela fabricação dos novos chips personalizados da Apple em arquitetura ARM que serão usados nos futuros MacBooks da empresa. No mês passado, a Apple anunciou que iria começar a transição de chips Intel para seus próprios "Apple Silicon ARM" personalizados, e agora parece que a informação de seu fornecedor finalmente foi revelada.

13/07/2020 às 17:01
Notícia

PCs Windows também podem migrar para processadores ARM, segun...

Expectativa para o aumento de desempenho dos futuros Macs ARM é bastante positiva

Um novo relatório do site Digitimes afirma que no primeiro semestre de 2021, a Apple estará contratando uma pequena parte da capacidade produção da TSMC para seus novos chips. Apesar de a empresa não ter confirmado antes, é bem óbvio que a fornecedora será a TSMC, tanto por rumores anteriores quanto pela popularidade que a fabricante possui graças à qualidade de seus produtos. 

Embora a Apple esteja contratando uma pequena parte dos serviços da TSMC, a fabricante de chips será responsável por fornecer componentes para as melhores linhas da Apple. De acordo com analistas do segmento, os primeiros Macs com chips personalizados Apple Silicon deverão ser o MacBook Air e o MacBook Pro de 13 polegadas. 

Após o lançamento dos chips nesses dois modelos, o restante dos produtos da Apple também deverão passar por essa transição de fabricantes. A Gigante da maçã também explicou que iria fazer a transição para o ARM em fases "longas" durante um período de dois anos.

26/06/2020 às 17:00
Notícia

Novos Macs com chips ARM não suportarão o Windows 10 via Boot...

Boot Camp é uma ferramenta que permite que os usuários utilizem o Windows 10 em “dual boot” com o macOS

Os últimos 12 foram essenciais para a Apple otimizar e refinar seus chipsets para dispositivos móveis, que são usados em smartphones e tablets. Com isso, a empresa chegou em um desempenho bom o suficiente para poder usar seus próprios chips ARM personalizados para notebooks da marca. Esses processadores são pensados para terem alto desempenho e oferecer grande eficiência energética. A expectativa é de que os MacBooks do futuro terão autonomia muito superior aos que existem hoje no mercado.

Continua após a publicidade

A promessa da companhia é de que os chipsets que vão substituir os processadores da Intel terão uma profunda integração com o macOS Big Sur. Todos os softwares da empresa já podem rodar de maneira nativa nos Macs baseados nos processadores da própria Apple.

Via: Tom's Hardware
User img

Mariela Cancelier

Jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), fui estagiária do Adrenaline/Mundo Conectado entre 2015 e 2017. Gosto de jogos de luta (o que marcou minha infância foi Tekken 4) e MOBAs. Atualmente sou colaboradora de ambos sites e apareço de vez em quando em alguns vídeos e reviews dos canais.

Testamos o ROG Phone 3!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.