Google anuncia atualizações dos termos no Brasil, para se adequar à LGPD
Créditos: Reprodução/ qinetwork

Google anuncia atualizações dos termos no Brasil, para se adequar à LGPD

A Lei Geral de Proteção de dados deve entrar em vigor em agosto de 2020

Leitura Rápida

  • A Google anunciou que está realizando atualizações em seus termos de uso para se adequar as novas exigências da LGPD
  • A Lei Geral de Proteção de Dados no Brasil está prevista para entrar em vigor em 16 de agosto
  • Ela modifica alguns aspectos de uso de informações pessoais das pessoas
  • O objetivo é deixar a captação de informações mais transparente para o cliente

A Google anunciou que está atualizando as suas políticas de privacidade, para que elas se adequem às novas exigência da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais. Essa iniciativa brasileira tem como maior objetivo proteger os dados das pessoas. Isso será obrigatório, assim que entre em vigor. A gigante de tecnologia já anunciou que fez algumas modificações para se adequar as novidades da lei

A Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, ou LGPD, como o próprio nome já diz, é uma nova lei que garante a privacidade das informações pessoais das pessoas. O objetivo é assegurar que as informações repassadas, principalmente em cadastro de clientes em empresas, não sejam usados de qualquer forma. A data prevista para que essa lei entre em vigor é o dia 16 de agosto de 2020, apesar disso, o governo federal pode fazer modificações no cronograma.

07/12/2019 às 15:10
Artigo

Entenda o que é a Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) e com...

A Lei nº 13.709/2018 foi criada para proteger os dados pessoais dos cidadãos brasileiros

Atualmente, não há uma regulamentação que defina o que as empresas podem captar de dados das pessoas. Também não há uma definição de como essas informações podem, ou não, ser utilizadas. A LGPD foi proposta para solucionar esse problema. 

Uma das maiores empresas de tecnologia atualmente é a Google. Ela é responsável por um fluxo intenso de preferências e informações de seus usuários. A empresa informa que irá atualizar a política atual para incluir os termos específicos da LGPD. 

A empresa fala que os usuários não terão que fazer modificações em seus sistemas. "Os termos da LGPD serão incorporados aos termos de proteção de dados existentes, então não será preciso aceitá-los se os termos atuais já fizerem parte do seu contrato." Informou a Google em comunicado de imprensa.

Segundo a empresa, um dos principais afetados pelas novidades serão os anunciantes. A empresa diz que as atualizações compreendem apenas os provedores de tecnologias que possuem Políticas de Privacidade ativas.

Continua após a publicidade

A Google lembra que o Brasil não é o primeiro país a exigir normativas para o uso de dados. A empresa fala que, dependendo das leis de cada país, a companhia adapta a sua Política, seguindo todas as exigências. O mesmo irá acontecer com os usuários brasileiros. 

User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

MAVIC AIR 2 - Uma análise de DRONE no PARAÍSO

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.