Xiaomi tem metade de sua receita vinda de fora da China pela primeira vez
Créditos: Reuters

Xiaomi tem metade de sua receita vinda de fora da China pela primeira vez

Conquista mostra que empresa está ganhando força no mercado internacional

A Xiaomi anunciou hoje (15) um grande marco para a empresa: pela primeira vez, a companhia obteve 50% de sua receita fora da China, país natal da fabricante. A conquista foi revelada pela empresa por meio de uma postagem no Twitter.

"Estamos felizes em anunciar que pela primeira vez, 50% de toda a receita da Xiaomi veio de mercados exteriores", disse a companhia. A notícia chega no mesmo dia em que a firma realizou uma série de lançamentos internacionais, incluindo smartphones e outros dispositivos conectados.


(Imagem: Xiaomi/Divulgação)

Com essa conquista, a Xiaomi mostra que deixou de ser uma empresa que foca seus esforços no mercado chinês e também está concorrendo globalmente no mercado de tecnologia. Fundada em 2010, a fabricante ganhou bastante espaço em locais importantes como a Índia e tem ganhado força com seus produtos focados em custo-benefício no Brasil. 

28/05/2019 às 09:35
Artigo

Conheça a história da Xiaomi! De startup a gigante dos smartp...

A empresa quer se consolidar com dispositivos de internet das coisas e já anunciou sua vinda ao Brasil

Atualmente, a empresa atua no nosso mercado do nosso país graças a uma parceria com a DL Eletrônicos, que cuida da parte de vendas de produtos e oferece garantia e suporte no país. Como o processo é realizado de maneira terceirizada, os preços dos dispositivos oficiais da Xiaomi acabam chegando ao país com valores mais altos que o convencional.

Mesmo assim, a empresa tem garantido espaço no segmento de custo-benefício graças à importação. Além do catálogo de produtos trazidos oficialmente pela DL, muitos vendedores trazem produtos da companhia da China e revendem no país com preços mais atraentes.

Novos lançamentos 
15/07/2020 às 12:24
Notícia

Xiaomi anuncia Mi Band 5 com tela de 1,1 polegada e novos mod...

A nova pulseira foi anunciada por 39,99 euros e já está disponível para a compra

Durante seu evento realizado hoje (15), a Xiaomi expandiu sua oferta de produtos em diferentes frentes, garantindo mais competição no segmento de smartphones, produtos para games e casa conectada. Apesar de não terem sido anunciados para o Brasil, os dispositivos devem aparecer por aqui futuramente, nem que seja por meio de e-commerces chineses.

Além dos novos smartphones da linha Redmi 9, a companhia lançou a aguardada Mi Band 5, pulseira inteligente que traz tela maior e outras melhorias em relação ao modelo anterior. 

Continua após a publicidade

A empresa também revelou a patinete Mi Electric Scooter Pro 2, criada em parceria com a equipe de F1 Mercedes-AMG Petronas. Outro lançamento aguardado da firma confirmado hoje foi o Mi TV Stick, dispositivo que chega para concorrer com o Chromecast e o Amazon Fire TV Stick.

Para quem joga, a firma também expandiu o seu catálogo de monitores e revelou o Mi Curved Gaming Monitor. O produto conta com tela de 34 polegadas e traz tecnologias interessantes para quem joga, incluindo resolução WQHD, formato ultrawide curvado e taxa de atualização de 144 Hz.

Fonte: Xiaomi
User img

Mateus Mognon

Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

MAVIC AIR 2 - Uma análise de DRONE no PARAÍSO

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.