Canon apresenta EOS R6 - câmera mirrorless com 20MP e suporte a 4K 60FPS
Créditos: Reprodução/ TecMundo

Canon apresenta EOS R6 - câmera mirrorless com 20MP e suporte a 4K 60FPS

A opção mais barata da nova linha apresentada pela Canon oferece muitos recursos

Leitura Rápida

  • A Canon anunciou duas opções de câmeras de sua nova linha mirrorless
  • A versão EOS R6 é a opção mais barata e, traz algumas economias
  • Em geral, apresenta as mesmas funcionalidades da versão mais potente, mas por um preço consideravelmente menor
  • A EOS R6 deve começar a ser distribuída no final de agosto por valores a partir de US$ 2.499

A Canon realizou o lançamento de dois modelos de câmeras recentemente, a EOS R5 e a EOS R6. O modelo mais barato é a EOS R6, que traz algumas reduções em relação a outra opção. Ele apresenta um sensor de 20,1 MP e consegue captar imagens em até 4K 60FPS. Assim como a versão mais completa, também se trata de um modelo mirrorless.

Canon EOS R5

As linhas de câmeras da Canon foram combinadas. Agora, a EOS R6 está alinhada com a linha EOS 6D DSLR. A proposta é que elas sejam equivalentes. O mesmo ocorre para o modelo EOS R5. O modelo R6 parece ter um sensor semelhante ao modelo 1DX Mark III DSLR, da fabricante. É esperado que a qualidade das imagens dos dois modelos sejam equiparáveis. 

A Canon fala que o modelo EOS R6 possui uma faixa ISO de 100 a 102.400, expansível a ISO 204.800. Isso indica que ela pode ser um bom modelo para captar imagens mesmo em baixa luminosidade. 

Assim como a sua versão mais potente, ele também apresenta uma tela articulável. Isso torna a captação de imagens mais fácil, quando está gravando um vídeo sozinho de si mesmo, ou um vlog, por exemplo. O display LCD traseiro tem 1,62 milhão de pontos. Esse modelo também é um pouco mais leve, em comparação com a R5, pesando um total de 680 gramas.

A EOS R6 possui estabilização corporal (IBIS), que pode ser usado tanto para fotos quanto para vídeo. A Canon prometeu até 8 pontos de estabilização, assim como o modelo mais caro, desde que você esteja usando uma lente de RF compatível. Isso deve ser suficiente para obter imagens mais estáveis que as concorrentes: A7 III da Sony, a Nikon Z7 e a Panasonic S1.

Continua após a publicidade

A câmera também possui um EVF OLED de 3,69 milhões de pontos. Assim como a versão mais cara, também apresenta dois slots para cartão UHS II e a mesma bateria LP-E6NH encontrada na EOS R. Ainda não foi divulgada quanto tempo de usabilidade a bateria oferece.

Essa versão também consegue captar imagens com velocidades de até 12 qps com o obturador mecânico e 20 qps usando o obturador eletrônico. As fotos sequenciais são feitas com o sistema de foco automático (AF) Dual Pixel da Canon, com 100% de cobertura e 1.053 áreas de AF. Isso pode ser utilizado em fotos e vídeos.

A câmera ainda oferece detecção de rosto e olhos, juntamente com o foco automático de “detecção de cabeça” que está presenta na 1DX Mark III. Esse sistema auxilia o fotógrafo a manter o assunto em foco, mesmo que ele se afaste. A adição nessa câmera é a detecção de animais, que também está no modelo R5.

A nova câmera mirroless da Canon é capaz de captar imagens em 4K a 60 qps e 1080p a 120 qps. Ele pode gravar um vídeo de 10 bits usando o modo C-Log da Canon, tanto interna quanto externamente. Diferente do modelo R5, ele não tem capacidade para arquivos RAW. 

Essa opção da Canon compete diretamente com os modelos A7 III da Sony e a Panasonic S1, que tem um preço muito similar. O sistema Dual Pixel da Canon deve superar o Auto Foco de detecção de contraste encontrado nas câmeras da Panasonic.

Apenas o corpo da EOS R6  foi anunciado por US$ 2.499, que é cerca de R$ 13.300, em conversão direta. Já a opção com as lentes RF 24-105mm f / 4-7.1L IS custa US$ 2.899, cerca de R$ 15.400. Quem optar pela opção com as lentes RF 24-105mm F / 4L IS USM, precisará pagar US$ 3.599, cerca de R$ 19.200. Esses valores são consideravelmente menores que o modelo R5, mesmo com a melhor opção de lentes. O envio dos primeiros modelos deve começar no final de agosto de 2020.

Via: DPReview, Engadget, DIYPhotography
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

40 ATALHOS do WINDOWS 10 para você virar um EXPERT no SISTEMA OPERACIONAL

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.