Chrome 86 deve economizar até 28% bateria em notebooks
Créditos: Reprodução/ Mobile Escout

Chrome 86 deve economizar até 28% bateria em notebooks

Atualização deve otimizar o consumo de energia dos dispositivos

Leitura Rápida

  • Uma nova publicação mostra que a Google está trabalhando em uma atualização que vai otimizar o uso de energia dos dispositivos
  • Até o momento, os testes mostram uma redução de 28%, que é capaz de oferecer até duas horas extras para os dispositivos
  • Essa atualização ainda está sendo trabalhada e deve ser lançada em breve

Uma nova atualização do Chrome 86 pretende reduzir o uso de energia. Esse processo será feito com o desligamento de alguns temporizadores e rastreadores do JavaScript desnecessários quando uma guia estiver em segundo plano. Com isso, o consumo geral de energia vai ser otimizado, melhorando o tempo de uso de baterias de notebooks, por exemplo.

O Chrome é o navegador da Google, amplamente utilizados pelos usuários do Windows e Mac. Um dos grandes problemas enfrentados com o uso da plataforma é a grande demanda de energia. Isso acaba reduzindo o tempo de autonomia dos notebooks.

Os testes realizados pelo Google mostraram que os dispositivos conseguiram ter até duas horas extras de duração da bateria, cerca de 28% de redução. Foram abertas 36 guias em segundo plano e uma guia em branco em primeiro plano. Essa simulação mostra um uso intenso, uma vez que um usuário comum vai abrir cerca de metade dessas abas. 

06/07/2020 às 08:41
Notícia

Versão 64 bits do Google Chrome chega ao Android 10 em breve

Versão estável do Google Chrome 85 tem lançamento previsto para o final de agosto

O Chrome é conhecido como um gargalo de energia para os dispositivos. Ele demanda muita autonomia dos notebooks, reduzindo consideravelmente o tempo de uso longe de uma tomada. Com a atualização isso pode ser amplamente melhorado.

Os testes mostraram que não houve bons resultados com o YouTube. Os tempos extras não chegaram a 40 minutos. Apesar disso, qualquer aprimoramento já é um ponto positivo para o navegador. Apesar de vídeos geralmente consumir mais energia, é necessário que ainda tenham aprimoramentos. Isso porque tanto o Safari, da Apple como o Microsoft Edge estão sendo atualizados e os testes da própria Google mostram que eles consomem menos energia.

Apesar dessa solução ser especialmente importante para os dispositivos mobile, eles também serão instalados em desktops. Assim, o desempenho geral do PC pode ser melhor.

Continua após a publicidade

Segundo a publicação do OWindowsClub, esse update ainda está sendo testado e pode ter ainda mais aprimoramentos até ser instalado. Diversos outros navegadores já testam ser melhores em economia de bateria que o Chrome. Isso poderia fazer com que os concorrentes superassem a opção da Google. Portanto, essa atualização já é aguardada.

Via: Neowin, Engadget
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

DICA: Veja como formatar o WINDOWS 10 sem PEN DRIVE [FÁCIL]

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.