DxOMark avalia câmera de selfie do Xiaomi Mi 10 Pro e dá nota 83
Créditos: DxOMark

DxOMark avalia câmera de selfie do Xiaomi Mi 10 Pro e dá nota 83

Desempenho é similar ao de aparelhos como Samsung Galaxy A71 e iPhone XS Max

O reconhecido site de análise de câmeras de celulares, DxOMark, publicou a sua avaliação do sensor frontal do Xiaomi Mi 10 Pro. A câmera de selfie do dispositivo obteve uma nota final 83, que pode ser dividida em 84 pontos pela sua capacidade de fotos e 81 pontos para sua qualidade de captura de vídeos.

22/06/2020 às 15:24
Notícia

Andorid 11 Beta 1 está disponível para Xiaomi Mi 10, Mi 10 Pr...

Veja como fazer atualização da versão passo a passo!

Isso o coloca próximo de smartphones intermediários premium como o Samsung Galaxy A71 e de topos de linha mais antigos, como é o caso do Apple iPhone XS Max. O dispositivo da Samsung também teve média 83, porém com um desempenho levemente pior em fotos (83) e um pouquinho melhor em vídeos (81).

DxOMark: Análise da câmera de selfie do Xiaomi Mi 10 Pro

Já o flagship da Apple para 2018 teve uma nota final 82, com 81 pontos para fotografias e 82 pontos para vídeo. O atual líder da lista é o Huawei P40 Pro, que tem 103 pontos – sendo 108 para fotos e 95 para vídeo. O motivo pra isso é que ele possui um sistema de câmera frontal dupla, com dois excelentes sensores que se saem bem em todas as condições de luz.


Fonte: DxOMark

DxOMark: Análise da câmera traseira do Xiaomi Mi 10 Pro

Enquanto isso, o Xiaomi Mi 10 Pro traz apenas uma câmera para selfies, com um sensor de 20 MP (0,9 µn), abertura f/2.0 e a capacidade de gravar vídeos em 1080p e 30 quadros por segundo. Os pontos altos dessa câmera são a sua ótima performance em boas condições de luz e a exposição consistente de rostos na maioria das situações.

O principal problema da câmera frontal do Mi 10 Pro está no seu alcance dinâmico. Isso porque, apesar dela ser muito boa em exposição de faces, ela tende a deixar que as áreas mais claras da imagem fiquem estouradas. As cores também não são muito consistentes, fazendo com que a pele das pessoas possa acabar ficando vermelha em situações de baixa luz.

Continua após a publicidade


Fonte: DxOMark

Mesmo que a lente tenha foco fixo, ela acaba compensando isso ao oferecer uma profundidade de campo bastante ampla. Isso permite que o rosto do usuário fique aceitavelmente nítido, não importa se você está tirando uma selfie ou sentado do outro lado da mesa em relação ao celular.

Via: GSMArena Fonte: DxOMark
User img

Carlos Felipe

Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation, época em que também se divertia com o Super Nintendo dos outros. Em 2005 migrou parao PC, e aí começou a se interessar por tecnologia também. Apesar disso, nunca conseguiu largar a preferência por jogos de corrida e de esporte, principalmente os de futebol. Estuda jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

MAVIC AIR 2 - Uma análise de DRONE no PARAÍSO

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.