Galaxy S21 poderá usar Snapdragon 865 ao invés de 875 para reduzir preço final
Créditos: Reprodução/Tech Talk TV

Galaxy S21 poderá usar Snapdragon 865 ao invés de 875 para reduzir preço final

Rumores apontam que Samsung deverá manter o mesmo processador do Galaxy S20

Novos rumores na internet apontam que a Samsung poderia optar por usar o SoC Qualcomm Snapdragon 865 em seu próximo smartphone Galaxy S21 para reduzir o preço final do dispositivo. Apesar de ser óbvio que a fabricante está sempre focando em competitividade de mercado, é pouco provável que essa suposição seja real, uma vez que as marcas mobile sempre estão em busca de adicionar as tecnologias mais recentes e de melhor desempenho em seus celulares topo de linha, como é o caso do Galaxy S21. 

O Samsung Galaxy S20 é o smartphone atual da marca que utiliza o Snapdragon 865 em vários mercados (lembrando que há versões com processador Exynos). Por conta disso, é natural que seu sucessor, o Galaxy S21, deva utilizar o Snapdragon 875 da Qualcomm. Por outro lado, especulações dizem que a fabricante coreana deve manter o mesmo SoC.

O motivo principal pelo qual a Samsung desejaria manter um processador mais antigo é o valor para montagem do dispositivo. De acordo com o site Wccf Tech, o custo do Snapdragon 875 para a empresa seria de US$ 250, enquanto o Snapdragon 865 é vendido por US$ 150 - US$ 100 a menos. É claro que as empresas do mercado mobile e Qualcomm possam fazer negociações para reduzir o preço, mas se isso não acontecer, muitos aparelhos Android que chegarão em 2021 deverão custar ainda mais caro que o normal.

24/10/2019 às 08:47
Notícia

Exynos 990: Samsung divulga especificações de seu novo proces...

Chip precisa trabalhar com o modem Exynos 5123 para oferecer tecnologia de rede 5G

Apesar dos novos rumores, um site chinês chamado MyDrivers afirmou que o modelo Galaxy S21 apresentava uma câmera principal de 150MP junto com um Snapdragon 875. Ou seja, nenhuma especulação sobre qual Snapdragon a Samsung deverá usar é confiável, mas sabemos que a empresa vai oferecer o melhor do hardware possível em seu próximo celular.

Outra opção para Samsung reduzir custos seria usar seu próprio SoC Exynos em todos os mercados. A empresa poderia ampliar a produção do Exynos 1000, processador que promete muito mais eficiência. Ao utilizar componentes fabricados por ela mesma, a Samsung poderia contornar os custos de produção e oferecer um valor final mais agradável aos clientes.

Via: WCCF Tech
User img

Mariela Cancelier

Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

A GoPro HERO9 Black chegou - praticamente PERFEITA!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.