NASA divulga vídeo em time-lapse mostrando o Sol durante um período de 10 anos
Créditos: Reprodução/NASA Goddard Space Flight Center/SDO

NASA divulga vídeo em time-lapse mostrando o Sol durante um período de 10 anos

Vídeo condensa uma década do Sol em 61 minutos

A NASA divulgou através do Observatório de Dinâmica Solar (SDO) um vídeo em time-lapse mostrando o Sol durante um período de 10 anos. De sua órbita no espaço ao redor da Terra, o SDO reuniu 425 milhões de imagens do Sol em alta resolução, acumulando 20 milhões de gigabytes de dados nos últimos 10 anos. Essas informações permitiram inúmeras novas descobertas sobre o funcionamento de nossa estrela mais próxima e como ela influencia o sistema solar.

09/05/2020 às 12:30
Notícia

Novas imagens de Júpiter ajudam cientistas a entender grandes...

Fotos foram obtidas através do trabalho combinado de sondas e telescópios

Com seus instrumentos, o SDO captura uma imagem do Sol a cada 0,75 segundos. O instrumento Atmospheric Imaging Assembly (AIA) sozinho captura imagens a cada 12 segundos em 10 diferentes comprimentos de onda de luz. Este time-lapse de 10 anos mostra fotos tiradas em um comprimento de onda de 17,1 nanômetros, que é um comprimento de onda ultravioleta extremo que mostra a camada atmosférica mais externa do Sol – a coroa.

Compilando uma foto a cada hora, o vídeo condensa uma década do Sol em 61 minutos. O vídeo mostra a ascensão e queda da atividade que ocorre como parte do ciclo solar de 11 anos do Sol e eventos notáveis, como planetas em trânsito e erupções. A música personalizada, intitulada "Solar Observer", foi composta pelo músico Lars Leonhard.

Embora a SDO tenha monitorado o Sol sem parar, alguns momentos foram perdidos. Os quadros escuros no vídeo são causados pela Terra ou pela Lua eclipsando o SDO à medida que passam entre a espaçonave e o Sol. Um apagão mais longo em 2016 foi causado por um problema temporário com o instrumento AIA que foi resolvido com sucesso após uma semana. As imagens onde o Sol está fora do centro foram observadas quando o SDO estava calibrando seus instrumentos.

Entre os momentos que podem ser vistos no vídeo acima estão uma erupção solar mais proeminente no dia 7 de junho de 2011, o trânsito de Vênus pelo Sol no dia 5 de junho de 2012 e um grande número de manchas solares no dia 5 de julho de 2017.

O SDO e outras missões da NASA continuarão a observar nosso Sol nos próximos anos, fornecendo mais informações sobre nosso lugar no espaço e informações para manter seus astronautas e ativos seguros.

Via: Pplware Fonte: NASA
User img

Fabio Rosolen

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.