Xiaomi deve apresentar smartphones Mi mais caros em 2021 [RUMOR]
Créditos: Reprodução/ PPLWare

Xiaomi deve apresentar smartphones Mi mais caros em 2021 [RUMOR]

Os modelos topo de linha com Snapdragon 875 devem ter acréscimo no valor

Leitura Rápida

  • Xiaomi deve trazer smartphones topo de linha mais caros em 2021
  • O contrato assinado com a Qualcomm mostra que seus SoCs de próxima geração serão vendidos por US$ 100 mais caros que o atual modelo
  • Isso terá um impacto direto no valor de fabricação do dispositivo, podendo ser entregue por preços mais altos ao público

Os smartphones topo de linha estão chegando com configurações cada vez melhores e preços também mais altos. Parece que o mesmo irá ocorrer com os próximos flagships da Xiaomi. A empresa chinesa possui como base entregar dispositivos com foco no custo benefício, mas parece que em 2021 os preços irão ser maiores do que seus consumidores estão acostumados. 

A informação foi divulgada pelo IT Home. Segundo a publicação, um documento coreano informou sobre um pedido assinado pela Xiaomi, que mostra qual será o preço do SoC Snapdragon 875. Parece que a chinesa vai pagar cerca de US$ 250 pelo processador da Qualcomm. Esse valor inclui o processador e o modem Snapdragon X60 5G.

27/06/2020 às 19:34
Notícia

Snapdragon 875 terá carregamento de 100W e vai chegar em 2021...

Com novo SoC, novos smartphones para jogos devem ser anunciados para o próximo ano

Isso significa que os preços terão um aumento significativo. O Snapdragon 865 está sendo enviado aos fabricantes por valores entre US$ 150 até US$ 160. Já o seu sucessor, o Snapdragon 875, vai aumentar esse custo em US$ 100.

Segundo os rumores, o novo SoC da Qualcomm é equipado com um processador Super-Core Cortex-X1 com desempenho 30% melhor que o Cortex-A77. Esse núcleo maior será combinado com outros três núcleos Cortex-A78 e mais quatro núcleos de eficiência. O que vai formar um arranjo de 1 + 3 + 4, totalizando 8 núcleos.

É necessário considerar que outros investimentos também são feitos em conjunto com o SoC. Um smartphone topo de linha geralmente é equipado com um conjunto de câmeras potentes e caras. Os sensores também encarecem o preço do produto. Os rumores indicam que, dependendo das decisões tomadas pela Xiaomi, o preço pode ultrapassar os US$ 200 a mais que os atuais topo de linha.

O principal modelo da empresa deve chegar com um custo semelhante aos demais modelos do mercado. Mesmo que a empresa faça outras reduções, conseguindo entregar um dispositivo mais barato que as concorrentes, ainda assim não será uma grande diferença.

Continua após a publicidade

Os dispositivos com maior foco em custo benefício serão os pertencentes a linha Redmi. Os modelos Mi devem chegar no mercado por preços muito mais altos. Os clientes dos dispositivos topo de linha do próximo ano terão que arcar com custos mais altos.

Via: GizmoChina
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

PIX: TUDO que você PRECISA SABER

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.