Google atualiza política de histórico de dados dos usuários
Créditos: Reprodução/ Yahoo Finanças

Google atualiza política de histórico de dados dos usuários

Agora, as informações vão ser deletadas automaticamente a cada 18 meses

Leitura Rápida

  • A Google anunciou que revisou a sua política de histórico de toda a sua plataforma
  • A exclusão automática dos dados será feita a cada 18 meses, como padrão
  • Os usuários que quiserem, podem alterar esse tempo para: nunca, cada três meses, ou manter os 18 meses padrão
  • Para alterar é necessário acessar as configurações
  • Todas as novas contas terão a política atualizada e farão a exclusão dos dados como padrão

A Google anunciou que revisou a sua política de histórico de toda a plataforma. A partir de agora, a empresa vai fazer a exclusão automática dos dados após 18 meses como padrão para as principais configurações de atividade da Conta do Google. É possível fazer alterações, para que o tempo de exclusão se adeque a diferentes necessidades. 

23/06/2020 às 13:53
Notícia

Google Imagens ganha recurso para identificar imagens falsas

Novo recurso está disponível a partir desta semana

Segundo a Google, o usuário que ativar o Histórico de Localização e a Atividade na Web e de apps terá a opção de exclusão automática definida para 1 ano e meio. Esse tempo é contado a partir desta ativação. É possível, também, desativar as configurações ou alterar a opção de exclusão automática para outro período de tempo.

As principais plataformas com buscas já estão definidas com um tempo limite como padrão. Caso o usuário queira alterar, é possível. Basta acessar: Controle de atividades < Atividade de Web e App. Quando abrir essa configuração, vão aparecer três opções para alteração.

A que deve estar selecionada é para não auto-deletar os dados. Para alterar, é necessário selecionar uma das outras duas, que são: Auto-deletar após três meses ou auto-deletar após 18 meses. É possível escolher apenas uma opção. As novas contas, já terão por padrão um tempo para deletar as informações mais antigas para cada 18 meses.

Nem todas as plataformas terão as mesmas opções. A Google estudou cada um dos casos de seus aplicativos para entender qual seria o melhor tempo para excluir os dados. O YouTube, por exemplo, a exclusão automática será feita, por padrão, em um período de 36 meses. Essa opção também estará presente para todas as novas contas.

Continua após a publicidade

Para alguns produtos, essa opção não faz sentido. Alguns dos exemplos são o Gmail, Drive e Fotos. Esses apps não terão alterações. Isso porque eles são voltados para, justamente, armazenar o conteúdo pessoal dos usuários. 

O atual CEO do grupo Alphabet, Sundar Pichai, fala ainda que a mudança tem objetivo de manter os dados apenas enquanto forem úteis para o usuário. Isso é válido quando as informações tem fins publicitários. Ou seja, quando os dados são usados para indicar o melhor produto para cada pessoa em específico.

User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

PIX: TUDO que você PRECISA SABER

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.