Banco Central suspende pagamento por Whatsapp
Créditos: Reprodução/Blog Nubank

Banco Central suspende pagamento por Whatsapp

Bandeiras Visa e Mastercard estão suspensas de aceitar pegamentos no aplicativo com risco de multa

O Banco Central (BC) acaba de anunciar que as bandeiras Visa e Mastercard foram orientadas a suspender as atividades de pagamento pelo aplicativo de mensagens Whatsapp. A determinação também inclui o encerramento e suspensão de transferências entre contatos realizadas pelo aplicativo. O não cumprimento das ordens pelas empresas deverá resultar no pagamento de multa além de elas serem submetidas à apuração de responsabilidade em processo administrativo.

Autoridades questionam competição de mercado com sistema de pagamentos via Whatsapp

Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) também determinou a suspensão dos pagamentos via Whatsapp, pois teme potenciais riscos para a concorrência. O uso de contas comerciais do WhatsApp Busines tem parceria com a Cielo, uma situação onde essa empresa "poderia se beneficiar da grande base de usuários do WhatsApp", explicou o Cade.

A medida adotada pelo Banco Central tem objetivo de analisar eventuais riscos para o funcionamento adequado do Sistema de Pagamentos Brasileiro (SPB). De acordo com o anúncio da autoridade monetária, operações sem análise prévia podem gerar danos ao sistema em relação à competição, eficiência e privacidade de dados. 

15/06/2020 às 11:59
Notícia

WhatsApp está permitindo pagamentos entre pessoas físicas e p...

O Brasil é o primeiro país do mundo a receber a novidade

Continua após a publicidade

De acordo com a apuração do G1, o WhatsApp disse em nota que o "objetivo é fornecer pagamentos digitais para todos os usuários do WhatsApp no Brasil, com um modelo aberto e trabalhando com parceiros locais e o Banco Central". A empresa declarou que apoia o projeto PIX do Banco Central, então é possível que o sistema de pagamentos do aplicativo se una à plataforma oficial do Banco Central .

Embora os serviços estejam "proibidos" até segunda ordem, o Banco Central não informou uma data limite para a análise do novo sistema de pagamentos por aplicativo. Sendo assim, não sabemos quando as autoridades devem liberar as transações pelo Whatsapp novamente, muito menos se o serviço terá taxas adicionais quando (e se) voltar a funcionar para usuários brasileiros. 

Via: InfoMoney, G1
User img

Mariela Cancelier

Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

Semana BLACK FRIDAY: 7 DICAS para COMPRAR MUITO BARATO na INTERNET!

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.