Google Imagens ganha recurso para identificar imagens falsas
Créditos: Reprodução/Google

Google Imagens ganha recurso para identificar imagens falsas

Novo recurso está disponível a partir desta semana

O recurso de verificação de informações da Google agora se estende além da pesquisa tradicional e das notícias. Usuários que procurarem por imagens no serviço Google Imagens agora poderão verificar rapidamente se elas são falsas ou não.

A partir desta semana, o Google Imagens passará a contar com o serviço de verificação de fatos. Agora, quando você procurar por imagens no serviço, você poderá ver a opção de verificação de fatos logo abaixo da miniatura da imagem caso ela seja um pouco duvidosa. Quando você clicar na imagem para visualizá-la em um tamanho maior, você também verá um resumo feito pelo sistema de verificação de fatos logo abaixo dela e o link para mais informações.

As informações de verificação de fatos que aparecem nos resultados vêm de fontes independentes e confiáveis na web que atendem aos critérios da Google. Essas fontes se baseiam no ClaimReview, um método aberto usado pelos editores para indicar conteúdo de verificação de fatos para os mecanismos de pesquisa.

Google Imagens ganha recurso para identificar imagens falsas
Reprodução/Google

A Google já destaca a verificação de fatos na pesquisa e no Google News. O YouTube também utiliza o ClaimReview para verificação de fatos no Brasil, Índia e Estados Unidos. A biblioteca completa de verificação de fatos pode ser acessada através de uma ferramenta de pesquisa dedicada e uma API aberta.

07/02/2020 às 09:52
Notícia

Twitter começará a identificar fotos manipuladas e deepfakes

Medida visa ajudar a impedir que notícias falsas se espalhem no serviço de microblog

Assim como já ocorre com a pesquisa, adicionar este rótulo nos resultados do Google Imagens não afeta o ranking dos resultados. Os sistemas da empresa são projetados para obter as informações mais relevantes e confiáveis disponíveis, inclusive a partir de fontes que fornecem verificações de fatos.

Com as eleições presidenciais se aproximando nos Estados Unidos, a verificação de fatos é algo cada vez mais importante. Eleições como essa nos EUA resultam em um número bem maior de notícias e imagens manipuladas na Web que visam influenciar os eleitores. Embora o sistema não consiga identificar 100% das imagens falsas, ele pode ajudar a impedir a disseminação de muitas delas.

Vale lembrar que em fevereiro deste ano o Twitter confirmou que passaria a identificar imagens e vídeos manipulados no serviço de microblog. Neste caso, ao detectar que uma imagem foi manipulada para disseminar informações falsas, por exemplo, o rótulo de “mídia manipulada” é exibido na publicação. O Instagram também implementou mudanças que visam impedir a disseminação de imagens claramente manipuladas com a ajuda de verificadores de fatos independentes.

Continua após a publicidade
Via: DIY Photography Fonte: Google
User img

Fabio Rosolen

MAVIC AIR 2 - Uma análise de DRONE no PARAÍSO

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.