Samsung quer acelerar a produção de memórias Flash NAND de 128 camadas
Créditos: Divulgação/ Samsung

Samsung quer acelerar a produção de memórias Flash NAND de 128 camadas

Empresa quer formar um gap de produção entre as suas principais concorrentes

Leitura Rápida

  • A Samsung está fazendo um esforço para aumentar a produção de suas memórias Flash NAND de 128 camadas
  • A empresa pretende formar um gap de produção, ficando à frente das concorrentes
  • Para isso, a coreana reuniu um grupo de colaboradores especializados, para contribuir no processo

Um novo relatório indica que a Samsung está procurando aumentar e melhorar o rendimento de produção da 6ª geração dos chips de memória flash NAND. Parece que a empresa está fazendo uma espécie de "força tarefa" para alcançar um alto objetivo de fabricação de seus chips.

O objetivo é aumentar a competitividade de sua produção de chips V-NAND de 128 camadas. O grupo que vai integrar a "força tarefa" é composto por diversos executivos do Centro de Tecnologia de Fabricação da Samsung Device Solutions e funcionários do departamento que administra a produção de flash NAND.

20/04/2020 às 15:01
Notícia

Nova geração de memórias NAND da Samsung vai oferecer mais ca...

Fabricante vai usar sua tecnologia Double Stack pra ser a primeira a chegar nessa densidade

Esse time especializado está pronto para conseguir solucionar, rapidamente, quaisquer problemas que possam aparecer. Isso porque o processo de produção de chips vai ser desenvolvido para implementar etapas para melhorar a produtividade geral. Portanto, pode ser que surjam problemas no caminho. 

A Samsung faz o processo de gravação de suas camadas por meio de pequenos furos em cada canal. Isso é feito de baixo para cima, nas 128 camadas que são empilhadas. Esse processo garante uma conexão elétrica entre as camadas, com pilhas mais altas, permitindo maior capacidade de memória. Apesar de ser um método eficiente, ele apresenta desvantagens. A principal delas é justamente o tempo de produção. 

Uma memória com um chip flash NAND de 128 camadas precisa do dobro de tempo de gravação do que o processo com 96 camadas. Isso significa que enquanto 1.000 chips NAND de 96 camadas são produzidos, apenas 500 de 128 camadas ficam prontos. Maior tempo, também encarece o processo, além de reduzir a produção.

Devido a esse problema, a Samsung propôs a sua força tarefa. Esse grupo de funcionários vai trabalhar para superar as limitações de tempos, impostas pelo modelo de fabricação. Assim, vai melhorar a competitividade geral da Samsung. A estratégia está sendo chamada de "Super Gap", que significa que vai criar um estoque muito maior, criando um espaço significativo entre as concorrentes.

O objetivo é fazer com que a produção da Samsung fique muito a frente, de modo que as demais empresas precisem se empenhar muito para conseguir alcançar, ou acompanhar o fluxo de produção. Um marco importante no processo de memórias Flash NAND de 128 camadas da coreana é seu preço, muito competitivo no mercado. Parece que a empresa está procurando ter ainda mais benefícios na fabricação desses chips.

Via: GizmoChina
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.