Veja o robô que aprendeu a suturar apenas assistindo vídeos de cirurgias

Veja o robô que aprendeu a suturar apenas assistindo vídeos de cirurgias

Pesquisadores utilizaram 78 vídeos para ensinar ao mecanismo como dar pontos cirúrgicos

Pesquisadores da Universidade da Califórnia, em Berkeley, conseguiram desenvolver um robô especializado em suturas automatizadas, ou seja, ele consegue dar pontos cirúrgicos sozinho. Para isso, a equipe da UC Berkeley, desenvolveu um sistema de "aprendizado (deep learning) semi-supervisionado de IA" chamado Motion2Vec.

Com esse sistema, a máquina pode assistir vídeos cirúrgicos realizados por médicos reais, analisar os movimentos do médico ao suturar (inserção, extração e transferência de agulhas) e depois imitá-los com um alto grau de precisão.

20/11/2019 às 14:22
Notícia

Pacientes humanos são colocados em animação suspensa pela pri...

A técnica é oficialmente chamada de "Preservação e Ressuscitação de Emergência" (EPR) e está sendo te...

Como o sistema possui uma estrutura de aprendizado semi-supervisionada, os pesquisadores tiveram que mostrar "apenas" 78 vídeos do banco de dados JIGSAWS para treinar sua IA para executar sua tarefa com 85,5% de precisão e um erro médio de 0,94 centímetros na precisão de segmentação.

A equipe utilizou algo que eles chamam de 'redes siamesas" para que o robô pudesse imitar os movimentos dos médicos. Em resumo, essas redes podem classificar o grau de semelhança entre duas tarefas e são frequentemente usadas para atividades de reconhecimento de imagem, como combinar imagens de vigilância com fotos de documentos como carteira de motorista para identificar uma pessoa.

No caso do robô, a equipe está usando as redes siamesas para corresponder à entrada de vídeo do que os braços da máquina estão fazendo com o vídeo existente de um médico humano executando os mesmos movimentos. O objetivo é fazer com que o movimento seja perfeito, o mais parecido com o nível de humanos. 

Continua após a publicidade

De acordo com os pesquisadores, a tecnologia ainda não está perfeita e levará ainda alguns anos para que uma máquina cirurgiã possa ser levada às salas de cirurgia. Entretanto, a pesquisa já mostra um grande avanço com o sistema Motion2Vec. Além de saturar, um robô poderá também aprender diversas outras tarefas médicas para auxiliar nos hospitais do futuro.

Via: Engadget
User img

Mariela Cancelier

Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

PIX: TUDO que você PRECISA SABER

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.