IBM desiste de segmento para pesquisa e desenvolvimento de reconhecimento facial
Créditos: Reprodução/Analytics Insight

IBM desiste de segmento para pesquisa e desenvolvimento de reconhecimento facial

CEO da companhia defende que uso da tecnologia precisa de um "acordo global"

A IBM anunciou que não está mais trabalhando com o segmento de pesquisa e análise de reconhecimento facial. A empresa não trabalhará mais com programas para reconhecimento facial de uso geral por tempo indeterminado já que a tecnologia necessitaria de um "acordo mundial" para entender como e em quais situações ela deve ser usada, de acordo com empresários da companhia. 

06/01/2020 às 17:52
Notícia

TikTok pode adicionar funcionalidade de DeepFake em breve [Ru...

Função permitiria a troca de rostos em vídeos da galeria do celular

Arvind Krishna, CEO da IBM, disse que há necessidade de um "diálogo nacional" sobre se e como a tecnologia deve ser empregada pela polícia. Ele sugeriu discussão através de uma carta aos membros do Congresso dos Estados Unidos nessa semana, explicando a decisão da empresa de sair do negócio de reconhecimento facial. O CEO ainda se opôs ao uso dessa tecnologia para fins de vigilância em massa e perfil racial na carta, de acordo com informações do site The Verge.

A posição da empresa tem influência de um estudo que aponta que alguns sistemas de reconhecimento são falhos. Sofwares dessa tecnologia podem apontar imprecisões no rosto de pessoas, o que afeta o reconhecimento de etnias e até mesmo idades. 

Além de propor uma discussão global sobre o uso do reconhecimento facial, a IBM declarou que está encerrando o desenvolvimento e pesquisa da tecnologia. O CEO da empresa declarou que vai incentivar o uso de outras tecnologias que possuem maior "transparência e responsabilidade de policiamento". 

Fonte: The Verge
User img

Mariela Cancelier

Mariela é jornalista pela Universidade Federal de Santa Catarina e gosta de jogos de luta e MOBAs. Foi estagiária do Adrenaline e Mundo Conectado e atualmente é redatora freelancer em ambos os sites.

PIX: TUDO que você PRECISA SABER

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.