Primeira fábrica de baterias de células de Lítio-Enxofre será instalada no Brasil
Créditos: Noticias Automotivas

Primeira fábrica de baterias de células de Lítio-Enxofre será instalada no Brasil

Essa bateria pode manter um celular ativo por até cinco dias

Leitura Rápida

  • As baterias de Lítio-Enxofre foram desenvolvidas por cientistas australianos
  • Ela promete ser capaz de manter um smartphone ativo por até cinco dias e permitir que um carro elétrico rode por até 1.000km sem reabastecer
  • Essa tecnologia vai começar a ser aplicada pela empresa Oxis Energy, em uma parceria com o Governo do Estado de Minas Gerais
  • A fábrica será instalada em Juiz de Fora e é esperado que esteja ativa até 2023

Em janeiro de 2020 uma equipe de pesquisadores publicou um artigo científico falando sobre baterias de Lítio-Enxofre (Li-S). Esses novos modelos restruturam a forma que as baterias são desenvolvidas. Segundo os cientistas envolvidos no projeto, ela teria capacidade para manter um smartphone ativo por até cinco dias, ou permitir que um carro elétrico rodasse 1.000km sem precisar recarregar. No final de maio foi informado que a primeira fábrica será instalada no Brasil.

Atualmente, as baterias que equipam smartphones, tablets, notebooks e carros elétricos são feitas por íon-lítio. Esse material é caro e apresenta algumas instabilidades. Quando ele é utilizado com excesso de capacidade, alguma perfuração, ou estufamento, ele pode explodir. Além de usar materiais caros com difícil extração. 

03/06/2020 às 19:47
Notícia

Bateria de íons de sódio é aprimorada e pode substituir as de...

O protótipo oferece o mesmo desempenho, com materiais mais simples e baratos

Novos modelos de baterias estão sendo propostas para melhorar a atual opção. Algumas delas são a de íons de sódio e de grafeno. Apesar das inúmeras pesquisas, nenhum desses modelos começou a ser fabricada para comercialização e nunca chegaram ao mercado.

Os modelos de Lítio-Enxofre também já são conhecidos há anos. Alguns cientistas da Universidade Monash, na Austrália, desenvolveram um modelo de bateria que poderia ser usada em smartphones e carros elétricos. Como principais benefícios da bateria de Li-S tem o seu custo de produção ser consideravelmente menor que as de íons de lítio, além de ter maior capacidade energética e ser menos agressiva ao meio ambiente. 

A Companhia de Desenvolvimento de Minas Gerais (Codemge) e a empresa britânica Oxis Energy, oficializaram que a primeira fábrica de células de bateria lítio-enxofre será instalada em solo brasileiro. Essa é uma parceria entre o governo do estado e empresa privada, que devem instalar a fábrica no parque industrial da Mercedes Benz, em Juiz de Fora, MG.

Continua após a publicidade

O projeto teve um investimento de R$ 245 milhões, que cobrirão as despesas iniciais do projeto. O esperado é que as operações comecem a acontecer até 2023. Segundo o projeto, o primeiro ano pode gerar até 300 mil células de bateria de Lítio-enxofre, podendo ser expandidas no futuro para até 5 milhões de unidades.

O grande benefício em ter uma fábrica de células de bateria Lítio-Enxofre no Brasil é o uso em veículos elétricos, não somente carros, como também em ônibus. Atualmente, o modelo de transporte rodoviário é o mais utilizado no Brasil, sendo também uma das soluções mais poluentes. Com baterias mais acessíveis, grande parte da frota poderia ser substituída por modelos elétricos ao passar dos anos.

Usar veículos elétricos além de ser menos poluente, também pode ser mais barato à longo prazo. Os veículos de combustão precisam ser abastecidos por combustíveis baseados na extração de petróleo, que possuem variações de preço de acordo com a refinaria. Já a opção elétrica, pode ser abastecida por painéis solares, ou outras opções renováveis.

Via: InsideEVS Fonte: monash
User img

Ana Luiza Pedroso

Ana Luíza é técnica em informática formada pelo Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) e graduanda de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Compõe o quadro de estagiários do Adrenaline e Mundo Conectado desde 2018, publicando notícias. Aprende muito todos os dias sobre o universo de hardware, games e tecnologia.

O fim do CANAL do RATO BORRACHUDO e o Dilema das Redes Sociais

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.